Eleições 2020
Marcha do Silêncio

Marcha do Silêncio relembra vítimas do trânsito

21 Nov 2016 - 13h17
Marcha do Silêncio relembra vítimas do trânsito  -

A ação, que ocorre uma vez por ano, é organizada por famílias que perderam parentes ou que sofrem com as consequências dos acidentes de trânsito.

Poliomelite


Carregando faixas e cartazes os participantes percorreram as ruas centrais da cidade, e o silêncio foi quebrado pelo som de tambores. Neste ano, a ação teve como tema “distração no trânsito”, uma das principais causas de acidente.  Conforme a coordenadora da ação, Sueli Mader, o evento convida a comunidade a refletir sobre o compromisso de todos diante da vida.

A caminhada ocorre sempre no terceiro domingo do mês de novembro, Dia em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito. No entanto, o movimento Marcha do Silêncio promovo outras ações durante o ano, com o objetivo de diminuir o número de vítimas no trânsito.


Desde o começo do ano até agora, ao menos 59 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito nos cinco municípios da região. Cruzes homenageando as vítimas do trânsito foram colocadas ao Museu Histórico Emílio da Silva, no Centro de Jaraguá do Sul. Já são nove mortes a mais que as registradas no igual período de 2015.
 

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Governadora interina, Daniela Reinehr conclama união da sociedade catarinense

O objetivo, segundo Reinehr, é criar um clima de harmonia para ajudar Santa Catarina a superar o período de instabilidade política
Governadora interina, Daniela Reinehr conclama união da sociedade catarinense
Economia

Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV

Índice atingiu 95,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos
Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Denúncias de cartão de crédito consignado sem solicitação aumentam no Procon

Aposentados e pensionistas podem registrar reclamação por meio de agendamento no 3275-3237
Ver mais de Geral