Geral

Malwee lança malhas diferenciadas e dá continuidade ao ciclo da moda sustentável

13 Jan 2012 - 20h30

A Coleção Summer 2012 da Malwee traz uma supernovidade, a MALHA SUSTENTÁVEL. Com conceito ecológico, a malha apresenta em sua produção o reaproveitamento do óleo de cozinha, fios provenientes de retalhos (resíduos do corte) e garrafas PET e ainda a aplicação de um amaciante de cupuaçu que hidrata e oferece proteção natural contra raios solares.


Atualmente, a palavra da moda é sustentabilidade. Ao contrário da própria moda, que se renova sobre tendências do momento, o conceito, entendimento e investimentos a favor da sustentabilidade crescem rapidamente e devem permanecer. Por isso toda a moda da Malwee é produzida a partir do conceito de conservação e reutilização dos recursos naturais.

Ao exemplo da malha PET lançada no inverno 2011 mais uma vez a marca surpreende ao lançar uma nova malha sustentável. Produzida com a mistura de resíduos de malha, algodão e poliéster de garrafas PET recicladas a Malwee ainda utiliza em seu processo produtivo resíduos que auxiliam na limpeza das malhas, feitos com o reaproveitamento do óleo de cozinha recolhidos com a colaboração dos próprios funcionários da empresa.

Como acabamento, a malha sustentável recebe a aplicação de amaciantes a base de manteiga de cupuaçu, com proteção solar natural e grande absorção da umidade, que são fornecidos através de parcerias com comunidades nativas da Amazônia, contribuindo com a geração de renda das mesmas e ampliando a consciência de preservação da Floresta.


As peças produzidas com a nova malha sustentável apresentam valiosos exemplos a favor da proteção ambiental, valorizando e dando continuidade ao ciclo da moda sustentável Malwee.

 

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral