Geral

Mãe é suspeita de envenenar três crianças no Distrito Federal

13 Jan 2012 - 14h59

Três crianças foram envenenadas na noite desta quinta-feira (12), no Paranoá, região administrativa a 25 quilômetros de Brasília. A polícia suspeita que a mãe tenha cometido o crime. De acordo com a família, ela tem problemas psiquiátricos.


As crianças de 1, 2 e 3 anos foram levadas ao Hospital do Paranoá. Os médicos informaram que elas não correm risco de morte.

Na casa das vítimas, a polícia encontrou dois medicamentos, um deles de tarja preta, usado em pacientes com agressividade extrema. O outro, um sedativo. Na cartela faltam sete comprimidos.

"Foram tratadas com lavagem estomacal. Elas estão conscientes, um pouco desorientadas. Também vão ser tratadas com medicação e devem ficar pelo menos 40 horas em observação", afirmou o diretor do hospital, Rommel Costa, na noite desta quinta.

A combinação dos medicamentos é comum em pessoas em tratamento psiquiátrico, segundo os médicos. Em alta dosagem, pode levar a morte.

A delegada Bruna Eiras contou que os remédios são da mãe das crianças. A família disse à polícia que ela sofre de transtorno mental e chegou a ser internada por causa disso.


"No caso de não ter fornecido esse medicamento para as crianças dolosamente, com intenção de matá-las, ela responderá por homicídio qualificado, com emprego de veneno. Sendo ministrado na dosagem certa, o remédio não causa prejuízo, mas em quantidade excessiva passa a ser um veneno", falou a delegada.

A mãe, uma jovem de 20 anos, também estava no Hospital do Paranoá para avaliação clínica e não quis falar sobre o assunto. Ela foi levada ao Hospital Psiquiátrico São Vicente de Paula, em Taguatinga, para exames.

Até a investigação ser concluída, a mãe fica sem a guarda das crianças. Elas vão ser encaminhadas à Vara da Criança e do Adolescente.

GLOBO.COM

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Projeto pretende criar Regime Especial de Contratação de Mulheres Vítimas de Violência Domésticas

A redação do PL determina que o SINE de Jaraguá do Sul destine 10% das vagas mensais do mercado de trabalho para encaminhar mulheres do Regime Especial às entrevistas de emprego em Jaraguá
Economia

Seifert Óptica e Joalheria completa 35 anos em Jaraguá do Sul

Para falar um pouco sobre a trajetória da empresa, Guido e Gabriel Seifert participaram ao vivo do Diário da Jaraguá desta sexta-feira (16)

Seifert Óptica e Joalheria completa 35 anos em Jaraguá do Sul
Geral

Furão é resgatado em jardim de residência em Schroeder

Fato ocorreu na rua 3 de Outubro, no bairro Centro-Norte
Furão é resgatado em jardim de residência em Schroeder
Geral

Celebrações marcam os 15 anos da morte de Padre Aloísio Boeing

Padre Aloísio morreu no dia 17 de abril de 2006 e foi sepultado no jardim, ao lado da Igreja Nossa Senhora do Rosário, no Bairro Nereu Ramos
Celebrações marcam os 15 anos da morte de Padre Aloísio Boeing
Ver mais de Geral