Imobiliária Coralli
Geral

Lucro do Bradesco cresce 3,4% no primeiro trimestre

23 Abr 2012 - 13h08

O Bradesco registrou lucro líquido de R$ 2,793 bilhões no primeiro trimestre deste ano. O valor representa uma alta de 3,4% em relação ao mesmo período de 2011.


Analistas consultados pela Reuters esperavam lucro líquido de R$ 2,853 bilhões, em meio a um crescimento lento da economia no período e expectativas de aumento de despesas maiores com provisões para crédito duvidosos.

Ainda assim, o resultado representa o quarto maior lucro para um primeiro trimestre na historia dos bancos de capital aberto no país, segundo levantamento da consultoria Economatica. A cifra só fica atrás do lucro do Itaú no mesmo período de 2010 e 2011 e ao do Banco do Brasil no ano passado.

Já o lucro líquido ajustado do banco, que exclui os efeitos extraordinários, avançou 3,9% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, para R$ 2,845 bilhões.

Segundo o Bradesco, as atividades financeiras representaram 68,2% desse valor, sendo o restante ligado às atividades de seguros, previdência e capitalização.

A carteira de crédito cresceu 14,6% nos três primeiros meses do ano e chegou a R$ 350,831 bilhões. A alta foi puxada principalmente pelas operações voltadas às empresas, que cresceram 17,1%.

A inadimplência, representada pelos atrasos superiores a 90 dias, registrou aumento de 0,5 ponto percentual, para 4,1% no período.

A piora da inadimplência levou o banco a elevar em 20% o saldo de provisões para os devedores duvidosos, que alcançou a R$ 20,117 bilhões no trimestre.


Ao final do período, o Bradesco contava 4.636 agências e mais de 105 mil funcionários. A instituição administra cerca de 25 milhões de contas-correntes e 41,3 milhões de contas de poupança.

JUROS MENORES

A partir desta segunda-feira, o Bradesco, assim como grandes bancos do país, passa a oferecer juros reduzidos aos seus clientes.

Terão taxas menores as linhas de crédito pessoal, financiamento de veículos, aquisição de bens e consignado a aposentados. As micro e pequenas empresas serão beneficiadas por custo menor nas operações voltadas para capital de giro e aquisição de máquinas.

FOLHA.COM.BR

Matérias Relacionadas

Economia

Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses

Os dados foram apresentados na última quinta-feira (17) no Mapa das Empresas
Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses
Saúde

Cientistas regeneram cartilagem que facilita movimentos

Eles usaram sinais químicos para orientar o crescimento das células-tronco esqueléticas à medida em que as lesões na cartilagem cicatrizam
Cientistas regeneram cartilagem que facilita movimentos
Geral

Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável

Manual traz medidas de prevenção ao novo coronavírus
Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável
Economia

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Indicador está 3,1 pontos abaixo do registrado antes da pandemia
Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
Ver mais de Geral