GERAL

'Logo estarei numa boa', diz mulher espancada por 4 horas no Rio

19 Fev 2019 - 13h50

A empresária Elaine Caparróz, de 55 anos, diz estar bem e que logo ficará "numa boa" em vídeo divulgado nas redes sociais nesta terça-feira, 19. Ela está internada desde o fim de semana, após ter sido espancada violentamente durante quatro horas por Vinícius Batista Serra, de 27 anos, que está em prisão preventiva.

As agressões começaram durante a madrugada, quando a empresária dormia, e somente cessaram após a intervenção de vizinhos. O caso ocorreu dentro do apartamento de Elaine, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

A vítima está internada na UTI do Hospital Casa de Portugal, no centro do Rio, e terá ainda de passar por cirurgias reparadoras. Segundo o irmão de Elaine, Rogério Peres Caparróz, a empresária tem diversas fraturas graves, trauma de pulmão e nos rins.

No vídeo postado na internet, a empresária aparece com o rosto inchado e com ferimentos. "Está tudo bem, logo logo eu estou numa boa. Amo vocês, fiquem com Deus", diz na gravação.

Elaine e o agressor se conheceram em uma rede social, na qual conversaram durante oito meses. No sábado, 16, resolveram se encontrar pela primeira vez em um jantar no apartamento da empresária. Ao entrar no edifício, ele havia dado um nome falso.

Serra foi levado para a Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica, zona norte. Segundo o delegado Rodrigo Freitas de Oliveira, da 16ª Delegacia de Polícia, na Barra, pela gravidade das agressões a conclusão é de que o acusado tentou matar Elaine. Ele vai responder por tentativa de feminicídio, discriminação e menosprezo à mulher.

Na segunda-feira, 18, o juiz Alex Quaresma Ravache converteu em preventiva a prisão em flagrante do agressor. Ravache também determinou o encaminhamento de Serra para avaliação psiquiátrica.

O agressor diz ter bebido vinho, dormido e, ao acordar, teria "surtado" e agredido a empresária. Segundo registro policial, contudo, ele já tem histórico de ter agredido o irmão, que é deficiente, em 2016, em denúncia apresentada à polícia pelo próprio pai, que naquela ocasião também levou um golpe no rosto ao tentar evitar a briga.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Geral

Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae

Em segundo lugar estão as demandas através do aplicativo de celular (whatsapp) e por último os atendimentos presenciais
Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae
Ver mais de Geral