105 Ouça
Greve

Justiça concede liminar e anula sessão que aprovou o pacote do prefeito

07 Mar 2017 - 11h35
A juíza Cândida Inês Zoellner Brugnolli concedeu liminar, anulando a sessão da Câmara de Vereadores realizada no dia 3 de março que aprovou o fim do adicional de aperfeiçoamento e atualização para os professores da rede pública municipal (PLC 25/2017).

Trata-se de um dos projetos de lei complementar que integram o pacote de medidas do prefeito Antídio Lunelli, contra os servidores jaraguaenses, encaminhado à Câmara de Vereadores no final de fevereiro.
O Mandado de Segurança foi proposto pelos vereadores Ademar Winter, Arlindo Rincos e Ronaldo de Souza, com colaboração da assessoria jurídica do Sinsep. Além disso, a juíza exigiu que seja observado o prazo de 15 dias para votação de um projeto de lei complementar, a partir de sua leitura em plenário, reconhecendo a ilegalidade nos trâmites dos projetos de lei 3, 5, 6 e 10/2017, que fazem parte do pacote. Portanto, os projetos não serão votados na sessão ordinária desta terça-feira (7)

 

SINSEP
GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Começa a Compra Premiada em Guaramirim

Ação vai distribuir R$ 42 mil em prêmios
Começa a Compra Premiada em Guaramirim
Geral

Navegantes não terá a Navegay em 2022

No ano passado, na 42ª edição, cerca de 200 mil pessoas aproveitaram a festa.
Navegantes não terá a Navegay em 2022
Saúde

Posto de Saúde do João Pessoa terá Farmácia Básica a partir de quarta-feira

Unidade terá os mesmos medicamentos oferecidos nas outras quatro farmácias básicas do município
Posto de Saúde do João Pessoa terá Farmácia Básica a partir de quarta-feira
Geral

Fujama captura maior espécie de cobra do Norte de SC em Jaraguá

Cobra tem cerca de um metro
Fujama captura maior espécie de cobra do Norte de SC em Jaraguá
Ver mais de Geral