Geral

Jurerê Internacional é o terceiro bairro mais valorizado do país

25 Mai 2012 - 15h59

Jurerê Internacional, em Florianópolis, é o terceiro endereço mais caro do Brasil, com preço médio do metro quadrado entre R$ 9,5 mil e R$ 9,7 mil, aponta pesquisa da Fipe realizada a pedido da revista Exame. À frente do endereço mais badalado de SC estão apenas os bairros Leblon e Ipanema, ambos no Rio de Janeiro.


O resultado completo do estudo estará na revista que chega às bancas nesta sexta, na reportagem de capa que mostra o Brasil como segundo país onde os imóveis mais subiram de preço no ano passado. A matéria também aponta os endereços mais valorizados da Capital, tanto para imóveis novos quanto usados (veja quadro). A pesquisa realizada pela Fipe foi feita em 41 cidades de 16 estados.

O presidente do Sindicato da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon), Helio Bairros, comemora o resultado e diz que a pesquisa mostra o potencial de Jurerê Internacional. Ele afirma que estar em Florianópolis ajuda, pois a cidade ganhou destaque nacional nos últimos anos. Mas diz que só isto não basta. 

- A valorização é consequência da estrutura de Jurerê Internacional.

Segundo Bairros, foi o planejamento do bairro que agregou valor à praia bonita e de mar calmo. Hélio declara que a infraestrutura se diferencia por apresentar opções de lazer e preocupação com a ocupação do solo. Lembra que os eventos e festas realizados na temporada de verão contribuem para a fama de Jurerê Internacional.

O presidente do Sinduscon analisou, ainda, os demais lugares apontados como os mais mais caros de Florianópolis, como a Avenida Beira-Mar Norte. Explica que o alto preço cobrado nestes locais é fruto da dificuldade de construir novos empreendimentos. Conta que a causa mais frequente é a falta de terrenos livres. Outros motivos, aponta Helio, são os casos de restrições da prefeitura ou de ações judiciais.

No ranking dos bairros com imóveis novos mais caros, o presidente do Sinduscon acrescentaria Canasvieiras, por causa do projeto de construção do Sapiens Parque e da duplicação da SC-401.

A matéria da revista Exame mostra, ainda, que o Brasil foi o segundo país que mais teve valorização dos imóveis no ano passado. A reportagem destaca informação da Global Property Guide, que tinha apontado alta de 27,82%. No ranking de 35 países, o resultado brasileiro só fica atrás do registrado na Índia.



EM ALTA

Os bairros mais caros do Brasil

1° Leblon (RJ)
2° Ipanema (RJ)
3°Jurerê Internacional


Os locais mais caros de Florianópolis

Imóveis usados

1° Jurerê Internacional
2° Beira Mar, Ingleses do Rio Vermelho e Praia Brava
3° Agronômica, Centro, João Paulo e Parque São Jorge


Imóveis novos

1° Jurerê Internacional
2° Abraão e Campeche
3° Agronômica

Fonte: Fipe, a pedido da Revista Exame

DIÁRIO CATARINENSE

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Lez a Lez lança acessório fashionista com toda renda revertida para ONGs de apoio à causa animal

A iniciativa surgiu como uma forma de colaborar com as instituições que enfrentam ainda mais dificuldades em manter o trabalho de resgate e acolhimento a pets abandonados
Lez a Lez lança acessório fashionista com toda renda revertida para ONGs de apoio à causa animal
Geral

Comunicador Fred Ulrich morre aos 71 anos

Por mais de 15 anos, ele comandou o programa Deutsche Music na Rádio Jaraguá levando o melhor da música e cultura germânica
Comunicador Fred Ulrich morre aos 71 anos
Geral

Equipe técnica faz mapeamento das nascentes em Jaraguá

Técnicos de empresa contratada pela Prefeitura precisam entrar nas propriedades particulares para cadastrar as nascentes. Secretário pede a colaboração dos proprietários pela importância do levantamento
Equipe técnica faz mapeamento das nascentes em Jaraguá
Geral

Leão baio invade propriedade e assusta moradores em Ituporanga

O animal invadiu um terreno no bairro Cerro Negro e não conseguiu mais sair. Segundo informações dos bombeiros, no local haviam alguns pavões
Leão baio invade propriedade e assusta moradores em Ituporanga
Ver mais de Geral