Imobiliária Coralli
Geral

Juiz do TRESC nega liminar para autorizar cavaletes em praça de Blumenau

20 Ago 2012 - 19h18

O juiz do TRESC Marcelo Ramos Peregrino Ferreira indeferiu liminar solicitada pelo candidato a vereador de Blumenau Ivan Naatz (PDT) em mandado de segurança apresentado contra notificação do juiz da 3ª Zona Eleitoral, Emanuel Schenkel do Amaral e Silva, que ordenou a retirada e a apreensão de cavaletes de propaganda eleitoral colocados na Praça da Fonte, no bairro Garcia. Essa determinação de 1º grau foi baseada em duas portarias da 3ª ZE, n° 10/2012 e n° 13/2012, que tratam da divulgação de propaganda em Blumenau.   O candidato alegou que os cavaletes não atrapalham o trânsito local, pois são móveis e instalados por volta das 7h, ficando vigiados até o horário da sua retirada, em torno das 18h, e solicitou a devolução do material apreendido, além de autorização para colocá-lo de volta.  


O juiz Peregrino destacou em sua decisão monocrática, publicada no Diário da Justiça Eleitoral de sexta-feira (17), que o candidato precisa provar que todas as condutas proibidas pela portaria seriam legais e que os cavaletes não atrapalhariam de fato o trânsito de veículos e pedestres. "Verifico dificuldades para que tudo isso seja realizado no estreito escopo do mandato de segurança, cuja prova é pré-constituída, para a suspensão integral do ato coator ou para devolução do material apreendido", explicou.   "Não vislumbro na peça mandamental a existência de fundamento jurídico relevante para suspender o ato, sem a demonstração inequívoca da violação de um direito líquido e certo. Da mesma forma, inexiste perigo de ineficácia da medida, caso seja finalmente concedida a ordem", acrescentou.  

O juiz do TRESC mencionou ainda a posição do Pleno no Acórdão n° 26.690/2012, no qual se declarou que "o magistrado eleitoral inserido na cidade é que pode avaliar com muito mais qualidade os fatos trazidos pelas partes, pode melhor dizer do Direito no caso concreto, porquanto conhece e vive na cidade, tendo uma posição privilegiada para a resolução do conflito de modo adequado".   Além do indeferimento da liminar, foi determinada a notificação do magistrado da 3ª ZE para prestar as informações que forem necessárias no prazo de dez dias.   Por Stefany Alves / Rodrigo Brüning Schmitt
Assessoria de Imprensa do TRESC

Matérias Relacionadas

Segurança

PM cumpre mandado contra homem acusado por tentativa de homicídio

O acusado que foi levado para o Presídio Regional, acabou sendo capturado na Rua Prefeito José Bauer, bairro Rau em Jaraguá do Sul
PM cumpre mandado contra homem acusado por tentativa de homicídio
Jaraguá do Sul

Seguem em ritmo acelerado as obras de pavimentação na João Januário Ayroso

A via, com 5680 metros de extensão, é também muito utilizada por quem quer visitar o Parque Malwee, um dos pontos turítisticos do Município
Seguem em ritmo acelerado as obras de pavimentação na João Januário Ayroso
Saúde

Governo do Estado de SC distribui medicamentos para intubação a hospitais de todas regiões

O material recebido do Ministério da Saúde irá garantir o atendimento nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs)
Governo do Estado de SC distribui medicamentos para intubação a hospitais de todas regiões
Geral

IPVA 2020: parcelamento em três vezes sem juros termina no dia 10 de agosto

Em Santa Catarina, o tributo varia entre 1% e 2% do valor venal do veículo
IPVA 2020: parcelamento em três vezes sem juros termina no dia 10 de agosto
Ver mais de Geral