Unimed - Capa
Eleições

Jornal da Jaraguá - Edição da Manhã - 31-10

31 Out 2016 - 10h38
-A moeda norte-americana subiu 1,29%, e terminou a semana vendida a R$ 3,1965 No mês de outubro, acumulou queda de 1,7%. No ano, a moeda perdeu até esta sexta 19%. // A bolsa paulista acumula no ano alta de 48,3%. No mês de outubro, sobe 10%. Na semana, o índice sobe 0,31%.

 

-Desde ontem as chamadas de telefones fixos entre 587 municípios vizinhos deixaram de ser cobradas como interurbanas e terão a mesma tarifa das chamadas locais. A queda de preços beneficiará consumidores de 281 municípios da Região Sul. Entre eles os da microrregião.

 

-A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz no mês de novembro será a amarela, com custo de R$ 1,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A medida se deve às condições hidrológicas menos favoráveis, o que determinou o acionamento de usinas termelétricas, mais caras.

 

Eleições –

 

-ELEIÇÕES 2016: Balanço do segundo turno em Santa Catarina e vencedores nas três cidades. Repórter: Guido Schvartzman RNA/Florianópolis

[jwplayer mediaid="301035"]

 

Outros resultados:

 

-Nelson Marchezan Jr., do PSDB, venceu a disputa pela Prefeitura de Porto Alegre no segundo turno das eleições. O novo prefeito obteve 402.165 votos, o equivalente a 60,5% do total. Marchezan disputava a eleição contra o atual vice-prefeito, Sebastião Melo (PMDB), que ficou com 262.601 votos, 39,50% do total.

 

-O candidato do PMN Rafael Greca foi eleito prefeito de Curitiba.  Ao final da apuração, Greca tinha 461.736 votos, que representam 53,25% dos votos válidos. Ele venceu Ney Leprevost (PSD) e deve assumir o cargo em janeiro de 2017.

 

-O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB] teve 59,37% dos votos válidos e Freixo, 40,63%. O candidato do PRB recebeu 1,7 milhão de votos. Freixo teve 1,2 milhão. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 150 mil eleitores votaram em branco e outros 570 mil anularam o voto.

 

-Alexandre Kalil (PHS) é eleito prefeito de Belo Horizonte. Ele teve 52,98% dos votos contra 47,02% de João Leite.

 

-Iris Rezende, do PMDB, é eleito prefeito de Goiânia. Com 100% das urnas apuradas, ele recebeu 57,70% dos votos válidos.

Já seu oponente, Vanderlan (PSB), obteve 42,30% dos votos.

 

-O PSDB foi o partido que mais elegeu prefeitos no segundo turno das eleições municipais deste ano, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foram 14 prefeituras conquistadas, de um total de 19 em que o partido disputava o cargo. Já o PT, que disputava sete prefeituras, não elegeu nenhum candidato.

Em seguida, aparece o PMDB, que, elegeu nove prefeitos de um total de 15 disputas. Já o PPS, que aparece em terceiro lugar com cinco prefeitos eleitos, havia disputado sete prefeituras.

O PSDB foi o grande vitorioso do domingo. O partido só perdeu em Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Caucaia (CE) e Franca (SP). O principal revés foi na capital mineira, em que João Leite, que terminou à frente no 1º turno, levou a virada no segundo e perdeu a disputa para Kalil (PHS).

Os tucanos venceram em Belém (PA), Blumenau (SC), Caruaru (PE), Contagem (MG), Jundiaí (SP), Maceió, Manaus, Porto Alegre, Porto Velho, Ribeirão Preto (SP), Santa Maria (RS), Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP) e Vila Velha (ES).

 

-Mais de 32% do eleitorado optaram pela abstenção, voto branco e nulo, segundo dados do TSE. Repórter: Rita Sardi - RNA – Brasília

[jwplayer mediaid="301026"]

 

-Presidente do TSE diz que mais de 100 candidatos estão sub judice

[jwplayer mediaid="301032"]

 

-O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou até o momento 309 ocorrências e 88 prisões durante o período de votação neste domingo (30). Na maioria dos casos, a Justiça Eleitoral flagrou cabos eleitorais fazendo propaganda para candidatos, a tradicional “boca de urna”. De acordo com os dados, nenhum candidato foi preso. Em todo o país, foram registradas 224 ocorrências pelo crime de boca de urna. Somente no Rio de Janeiro foram registradas 24 prisões. Em seguida, aparecem os estados do Rio Grande do Sul (17) e Espírito Santo (10). No Ceará, houve 143 casos de propaganda irregular, mas as ocorrências não terminaram em prisão dos acusados e 15 registros por tentativa de compra de votos. O segundo turno das eleições municipais ocorreu neste domingo em municípios de 20 estados do país.

 

-A Odebrecht movimentou pelo menos US$ 211,6 milhões em contas secretas por meio de empresas de fachada na Suíça. Documentos do Tribunal Federal do país europeu apontam para a suspeita de que o montante foi destinado para pagamento de propinas a ex-diretores da Petrobrás e políticos brasileiros.

 

-Deputados e senadores devem aproveitar feriado e emendar semana

[jwplayer mediaid="301031"]

 

PREVISÃO

Segunda-feira (31/10):

Tempo: sol com muitas nuvens em todas as regiões. À tarde, condição de pancadas de chuva com trovoada no Oeste e Meio-Oeste.
Temperatura: em elevação.
Sistema: alta pressão no oceano, com centro na altura de SC.


 

 Indefinição sobre coleta seletiva preocupa quem trabalha no setor em Jaraguá

 

Desde o fim da distribuição do saco verde (utilizado para acondicionar materiais recicláveis), em 2015 em Jaraguá do Sul, o volume de materiais separado pela comunidade, tem diminuído. Esse não é o único fator para a queda na quantidade de materiais coletados, a crise econômica também contribui para a mudança de hábito dos jaraguaenses. E quanto menos materiais, mais dificuldades para quem depende diretamente dessa atividade coleta, como por exemplo, os recicladores e catadores. Cristiano Eleutério é presidente da Associação de Recicladores do Vale do Itapocu. Ele conta que já empregou 84 pessoas no auge da separação do lixo em 2014 em Jaraguá do Sul. Hoje, segundo ele, são apenas 10 pessoas que sobrevivem a duras penas.

[jwplayer mediaid="301042"]

 

Segundo Eleutério são 14 associações de recicladores, sem contar o número de pessoas que recolhem materiais por conta própria. A queda no volume de materiais segundo ele, se deve a não distribuição do saco verde.

[jwplayer mediaid="301043"]

 

A Associação dos recicladores chegou a receber R$ 300 mil do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável. O dinheiro foi usado para compara de equipamentos como prensa térmica, empilhadeira e um caminhão que custou R$ 158 mil, que foi perdido com um incêndio no início desse ano, na sede da associação. O veículo não tinha seguro.

 

Adilson Dalcanale preside a Cooperativa dos Recicladores JVS. Ele também reclama da falta de materiais para fazer a separação. E culpa a o fim da distribuição de sacos para a comunidade separar o material. Outro problema são as irregularidades no setor

[jwplayer mediaid="301041"]

 

Outro apontamento de Dalcanale é sobre a regularização de quem trabalha com a separação de material reciclável na cidade.

 

 

Tribunal de Conta identifica problemas na maioria dos convênios entre a Fatma e municípios catarinenses

O Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina identificou diversas irregularidades nos convênios firmados entre a Fatma (Fundação do Meio Ambiente), e a maioria dos municípios catarinenses. E para que sejam reativadas essa parcerias, será necessário sanar esses problemas, conforme destaca o chefe de gabinete da presidência do órgão no estado, André Adriano Dick.

[jwplayer mediaid="301038"]

 

Segundo Adriano, o escritório de Jaraguá do Sul vai mudar de local, que hoje funciona na sede da Agência de Desenvolvimento Regional.

[jwplayer mediaid="301041"]

 

Atualmente em Santa Catarina são 16 escritórios regionais da Fatma, entre eles, Jaraguá do Sul.

 

 

Meta catarinense é abrir uma empresa em no máximo 90 minutos

 

Uma reclamação constante dos empreendedores catarinenses é o tempo que se leva para conseguir por uma empresa para funcionar, após vencidas toda a burocracia que o processo envolve. Dependendo do caso, pode levar meses e até anos. Ao menos na abertura de uma empresa o estado implantou um sistema que permite a abertura de um negócio em até 90 minutos, segundo o presidente da Junta comercial, Júlio Cezar Marcelino Junior.

[jwplayer mediaid="301036"]

 

Bem, uma coisa é abrir uma empresa, outra é coloca-la para funcionar.

Em Jaraguá do Sul, por exemplo, se não houver nenhum impeditivo, um alvará de construção é liberado em quatro meses, de acordo com a arquiteta Eliziane dos Reis, que trabalha na liberação de projetos da prefeitura.

[jwplayer mediaid="301044"]

 

Estandes para a FIPES 2017 já estão à venda. Nesta segunda-feira termina primeira etapa de comercialização. Informações com Janici Demetrio

[jwplayer mediaid="301039"]

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Certificação de cópias passa a ser de forma online
Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital
Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Ver mais de Geral