quarta, 17 de julho de 2019 - 03h33
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Abuso e Exploração Sexual

Jaraguá do Sul registra aumento de 83% no número de denúncias de Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Segundo estudo divulgado pela OAB/RS em maio de 2018, a cada 24 horas, 320 crianças/adolescentes são vítimas de abuso

16 Mai 2019 - 06h00Por Janici Demetrio
Jaraguá do Sul registra aumento de 83% no número de denúncias de Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes - Crédito: Ilustrativa Crédito: Ilustrativa

A secretaria de Assistência Social e Habitação promove no próximo sábado (18), evento em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Nesse dia acontecerá uma caminhada, partindo do Museu da Paz (em frente ao Terminal Urbano) às 9 horas, tendo como percurso a Avenida Getúlio Vargas e o Calçadão da Marechal, até a Praça Ângelo Piazera, onde estão previstas outras atividades a partir das 9h30: solenidade com execução do Hino Nacional e fala de autoridades; apresentações culturais e distribuição de fleyers informativos com dados de ocorrências em Jaraguá do Sul. O evento encerrará às 12 horas.

A secretária de Assistência Social, Maria Santin, chama a atenção para a importância do engajamento da comunidade no combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, envolvimento que reflete no número de casos denunciados, conforme registros do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

De acordo com a gerente de Proteção Social Especial, Maria Andréia Stank, os atendimentos realizados nos Creas revelam que um aumento de 83% no número de casos de violência sexual no município no primeiro trimestre desse ano, comparado à média do mesmo período nos anos de 2017 e 2018.

Segundo estudo divulgado pela OAB/RS em maio de 2018, a cada 24 horas, 320 crianças/adolescentes são vítimas de abuso.

O material a ser distribuído no sábado traz ainda a informação de que aproximadamente 500 mil crianças e adolescentes – a maioria delas com idade entre 7 e 14 anos – foram exploradas sexualmente no Brasil no período de 2012 a 2015. Conforme Maria Andréia, estatísticas apontam que para cada dez casos, apenas um é denunciado.

 Casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, podem ser denunciados ao Disque 100 ou ao Conselho Tutelar, ligando para 0800-642-0122.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Odontocop - Julho

Matérias Relacionadas

Segurança

Oeste de SC tem maior taxa de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes

O número é superior à média nacional, de 2%, e estadual, de 2,7% de casos
Oeste de SC tem maior taxa de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes
Ver mais de Geral