Unimed - Capa
Geral

Itá sedia encontro internacional sobre Rio Uruguai

22 Ago 2012 - 21h51

A União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul (UPM) e a Associação Comercial e Industrial de Itá realizam, de 23 a 25 de agosto, o XIII Encontro Internacional de Centros Comerciais do Rio Uruguai e a III Reunião do Fórum Permanente de Preservação e Uso Racional do Rio Uruguai, criado pela UPM. Temas como o impacto da represa de Itá nos setores do comércio e turismo e seus reflexos no meio ambiente vão ser discutidos por autoridades locais, estaduais e dos países do Mercosul.


O encontro tem apoio da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que na abertura oficial, às 9 horas do dia 24, promove audiência pública por intermédio da Comissão do Mercosul. À tarde, as discussões prosseguem e os parlamentares da UPM firmam a carta de intenções que pontuará ações para o monitoramento e pela preservação do Rio Uruguai.

A UPM tem atuado junto aos governos nacionais da Argentina e do Uruguai, com o apoio de autoridades destes dois países, para que o Brasil também faça parte da Comissão de Monitoramento do Rio Uruguai e sua bacia. A entidade também vai apresentar ao Parlamento do Mercosul (Parlasul) o projeto para a criação de um fundo que viabilize a execução das obras necessárias para transformar a bacia hidrográfica do Rio Uruguai em uma grande hidrovia, conforme proposta aprovada em Fray Bentos - Uruguai, quando da realização da II Reunião do Fórum. Este projeto vem sendo elaborado por técnicos dos países banhados pelo rio Uruguai, que têm priorizado a preservação ambiental, inclusive dos afluentes.

Na programação em Itá está prevista, no dia 25, visitação ao Centro de Meio Ambiente (CDA) que desenvolve  programas de educação ambiental para a comunidade do entorno do reservatório. Além disso, atende grupos e realiza visitas às estruturas da UHE Itá, ao Horto Botânico e divulga os programas sociais e ambientais realizados pela usina.

Saiba mais

A construção da Usina Hidrelétrica Itá foi realizada pelo Consórcio Itá (formado pela Tractebel Energia, Cia Siderúrgica Nacional (CSN) e Cia de Cimento Itambé) e teve início em 1º de março de 1996. Sua inauguração aconteceu no mês de outubro de 2000. Além de ser a primeira grande usina hidrelétrica concluída pelo setor privado, Itá passou a ser referência mundial em tecnologia, consciência social e conservação ambiental.


Construída às margens do rio Uruguai, na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a Usina Hidrelétrica Itá tem uma potência instalada de 1450 MW.  Apenas como referência para a dimensão da usina, a capacidade de Itá corresponde a 50% da energia consumida pelo estado de Santa Catarina.

Um reservatório de 141 km² foi formado com a construção desse empreendimento.  Com isso, 4.457 famílias foram relocadas e reassentadas. Foram construídos 568 km de estradas, 2.413 metros de pontes e 15,5 km de ferrovias. Foram desenvolvidos durante a construção da usina 23 programas socioambientais.  Dentre eles, a restauração da faixa de vegetação ciliar, a implantação de um horto botânico, apoio às comunidades, resgate e preservação do patrimônio arqueológico e sociocultural e a criação de unidades de conservação.

Assessoria de Imprensa UPM

Matérias Relacionadas

Geral

Morre Francisco, pai dos sertanejos Zezé di Camargo e Luciano

Ele estava internado em um  hospital particular em Goiânia há 14 dias
Morre Francisco, pai dos sertanejos Zezé di Camargo e Luciano
Geral

Caropreso cobra agilidade na licitação das obras especiais da BR 280 

Recurso administrativo requer alteração de projeto
Caropreso cobra agilidade na licitação das obras especiais da BR 280 
Geral

Portarias do Estado liberam uso de provadores e cursos livres para menores de 14 anos

A autorização para a prova de roupas, acessórios, bijuterias e calçados foi autorizada pela portaria da Secretaria de Estado da Saúde (SES) 883/2020, publicada na terça-feira (17)
Rafael Benkendorf

Renault Megane eVision, provável concorrente do VW ID.3 poderá se chamar Megane ZOE

"O novo elétrico chamou a atenção por resgatar o nome Mégane, bastante popular entre os entusiastas,..."
Renault Megane eVision, provável concorrente do VW ID.3 poderá se chamar Megane ZOE
Ver mais de Geral