Geral

Índia começa investigações dos atentados em Mumbai

14 Jul 2011 - 11h28

Investigadores indianos começaram a apurar nesta quinta-feira as três explosões que deixaram ao menos 17 mortos em Mumbai.


O ministro indiano do Interior, P. Chidambaram, afirmou que todos os grupos "hostis à Índia" são suspeitos nos três atentados, mas que ainda era muito cedo para apontar os culpados.

Nenhum grupo reivindicou as três explosões simultâneas de quarta-feira à noite, em um momento de grande fluxo em vários bairros da capital financeira indiana.

No entanto, analistas de segurança sugerem que, por causa do padrão do ataque, o grupo local Mujahedines Indianos podem ser os responsáveis.

Também há uma possibilidade remota de que o grupo LeT (Lashkar-e-Taiba) -- grupo separatista baseado no Paquistão, simpatizante da Al Qaeda e responsável pelos ataques a Mumbai em 2008 -- esteja por trás dos ataques.

Há outros grupos que também têm motivos para estar por trás dos atentados como os grupos ligados à independência da Caxemira, os rebeldes maoistas ou a máfia local.


"Nós não estamos apontando para um grupo ou outro", declarou o ministro. Mas P. Chidambaram mencionou a localização da Índia como fator vulnerável.

"Nós vivemos na vizinhança mais agitada do mundo. Paquistão e Afeganistão são o epicentro do terrorismo. Nós somos vizinhos", disse.

Fonte: Folha SP

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Geral

Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae

Em segundo lugar estão as demandas através do aplicativo de celular (whatsapp) e por último os atendimentos presenciais
Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae
Ver mais de Geral