Geral

Incêndio em prisão de Honduras mata ao menos 272 pessoas

15 Fev 2012 - 15h05

O porta-voz do Ministério da Segurança, Hector Ivan Mejia, disse a imprensa que, segundo informações preliminares, um curto circuito teria sido a causa do incêndio em um dos dois módulos da prisão.


O fogo começou por volta das 2h55 (horário de Brasília) na prisão localizada na região central de Honduras, informou nesta quarta-feira à Efe uma fonte oficial.

Pelos dados fornecidos às autoridades por funcionários da Colônia Penal Agrícola, o incêndio atingiu um dos dois módulos da penitenciária, espaço onde havia cerca de 500 presos.

Nos hospitais de Comayagua dezenas de queimados e feridos foram atendidos. Uma enfermeira do Hospital Santa Teresa contou aos jornalistas que ao menos 30 presos deram entrada com queimaduras de terceiro e quarto graus. O Hospital Escola em Tegucigalpa também recebeu feridos.

CENAS INFERNAIS

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Camayagua, Josué García, disse que viu cenas "infernais" cenas ao tentar apagar o fogo. Segundo ele, prisioneiros "foram queimados vivos ou sufocados em suas celas".


"Há muitos corpos empilhados no interior dos módulos de detentos que tentaram, mas não conseguiram escapar do fogo", detalhou o porta-voz.

Alguns réus que conseguiram escapar do fogo quebraram o telhado e se jogaram do alto do prédio, revelaram familiares à Efe. Há ainda registros de fugas.

FOLHA.COM.BR

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

História de superação e amizade

História de superação e amizade
Geral

WEG fornece Sistema de Armazenamento de Energia e Controle de Microrrede para o Centro de Lançamento

Soluções fornecidas para o projeto da Equatorial Energia garantirão segurança no fornecimento de energia durante os lançamentos de foguetes.
Geral

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil

Mercado de energia solar cresce 70% e se posiciona como promissor e lucrativo no Brasil
Política

Tragédia no Oeste provoca debate sobre segurança em CMEIs na Câmara de Jaraguá

Vereadores trataram do assunto na sessão de terça-feira (4)
Tragédia no Oeste provoca debate sobre segurança em CMEIs na Câmara de Jaraguá
Ver mais de Geral