Geral

Igreja Católica publica orientações para evitar o contágio com a Gripe A em SC

20 Jun 2012 - 17h15

Em função do número de casos de pessoas que contraíram a Gripe A (H1N1) no Estado, o arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, decidiu reeditar as orientações que contribuem para os fiéis evitarem o contágio no espaço religioso. O documento traz 11 orientações de como os padres, diáconos e lideranças leigas devem se portar em relação aos fiéis e é uma adaptação das recomendações do Ministério da Saúde à realidade da Igreja Católica.

As orientações haviam sido publicadas em agosto de 2009, quando houve o primeiro surto do vírus em Santa Catarina. Na época, vários eventos religiosos que envolviam grande número de fiéis foram adiados ou até mesmo cancelados em função do contágio.

No texto, Dom Wilson ainda orienta quanto a se comportar diante dessa situação alarmante, ressaltando medidas que, embora simples, são importantes para impedir a difusão do vírus.

Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, somente este ano pelo menos 29 pessoas já morreram vítimas da Gripe A. Desde que o surto teve início em 2009, o Estado já contabilizou 309 casos de infecção por Gripe A confirmados em laboratório.

Confira as orientações da Igreja para evitar o contágio pela gripe

- Aproveitar as reuniões, os encontros e outros contatos com paroquianos, a fim de esclarecê-los sobre as medidas preventivas indicadas pelas autoridades competentes para se evitar o contágio com a doença e, se for o caso, para se verificar o modo de tratá-la

- Manter os ambientes da igreja (salões paroquiais e salas de reuniões) sempre bem arejados

- Desativar a pia de água benta na entrada das igrejas

- Evitar apertos de mão dos Ministros da Acolhida, na entrada do povo para as celebrações

- Nas celebrações, evitar tanto o gesto de dar as mãos durante a oração do Pai Nosso, como a saudação da paz

- A sagrada Comunhão deve ser distribuída nas mãos dos comungantes

- Evitar a distribuição da sagrada Comunhão sob as duas espécies (pão e vinho)

- Ministros da Comunhão que estiverem gripados ou resfriados não devem auxiliar na distribuição da Sagrada Comunhão enquanto se encontrarem doentes

- Os Ministros devem observar a norma de lavar as mãos antes e depois da distribuição da sagrada Comunhão

- Colaborar com a difusão de cartazes, folders e folhetos sobre os cuidados essenciais com a saúde e de prevenção contra a nova gripe e expô-los de forma visível, em locais de circulação dos fiéis

- Recomendar aos paroquianos que estiverem gripados ou resfriados que evitem participar das reuniões promovidas pelas pastorais paroquiais, até que estejam curados da doença.

DIÁRIO CATARINENSE

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Prefeitura firma parceria para repasse de recursos para a Apae de Guaramirim

Valor repassado será de R$ 730 mil 
Prefeitura firma parceria para repasse de recursos para a Apae de Guaramirim
Geral

Cinco hábitos essenciais para manter o seu imóvel seguro

Aprenda dicas importantes para manter sua casa sempre segura. Proteja o seu imóvel em Jaraguá do Sul
Cinco hábitos essenciais para manter o seu imóvel seguro
Geral

Barra Velha busca exemplo de Jaraguá para coleta seletiva

O Samae espera coletar mais de 8 mil toneladas de material reciclável em 2021
Barra Velha busca exemplo de Jaraguá para coleta seletiva
Geral

Entidades de Jaraguá recebem mais de 840 quilos alimentos através da campanha VacinAção Solidária

Contando com esta entrega, a campanha VacinAção Solidária já arrecadou mais de uma tonelada de alimenetos para famílias em vulnerabilidade social
Entidades de Jaraguá recebem mais de 840 quilos alimentos através da campanha VacinAção Solidária
Ver mais de Geral