Geral

Hotéis da Europa derrubam tarifas, na América elas sobem

03 Set 2012 - 19h23

Enquanto os hotéis de Barcelona, Espanha, tiveram queda de 22% nas tarifas hoteleiras no primeiro semestre de 2012, São Paulo e Rio de Janeiro aumentaram em 23% e 15%, respectivamente. É o que aponta o levantamento hoteleiro bi-anual da Hogg Robinson Group (HRG), uma das líderes mundiais no setor de viagens corporativas, parceira exclusiva do Grupo Alatur - empresa especializada em Mobilidade Corporativa, no Brasil. A pesquisa HRG bi-anual está em sua 20ª edição e tem o objetivo de apresentar as tarifas médias de hotéis nos principais destinos para o turismo de negócios em todo o mundo. E, desta forma, auxiliar os clientes para fazerem as melhores escolhas quando precisarem de uma viagem corporativa.


O principal motivo para que as tarifas médias na Europa tenham reduzido ou se mantido estáveis foi a crise financeira.  Por outro lado, "o Rio de Janeiro recebeu a Convenção Rio + 20, o que aumentou exponencialmente a demanda por hotéis; e São Paulo está ampliando suas regiões empresariais e crescendo financeiramente, o que atrai mais viagens de negócios. Como esse aumento da demanda supera a abertura de novos hotéis, a tarifa média aumenta", explica Daisy de Marco, diretora do Grupo Alatur e HRG Brasil. De acordo com análise da HRG, Rio de Janeiro e São Paulo são as únicas cidades-chave globais que tiveram aumento de dois dígitos nas tarifas de hotel, mas, mesmo assim, não foram os destinos mais caros. Pelo 8º ano consecutivo, as tarifas de Moscou são as mais altas, alcançando o valor aproximado de 408 dólares ou 828 reais. Os preços dos hotéis na capital russa aumentaram 3% em relação ao ano passado. Já, a Cidade do México, foi a que apresentou o maior aumento de tarifas: 30%.

O exponencial aumento das tarifas na Cidade do México se deve ao fato de seu crescimento econômico. Além disso, os viajantes de negócios buscam hotéis de alto padrão situados em áreas seguras e central. "As empresas não estão, necessariamente, gastando menos em viagens, mas certamente estão a procura de maneiras de trabalhar mais com o mesmo orçamento", destaca Stewart Harvey, diretor comercial do Grupo HRG.

Um destino que está atraindo grandes conferências é Istambul, que no primeiro semestre de 2012 apresentou queda nas tarifas hoteleiras de 6%. A abertura de novos hotéis para suprir a demanda foi um dos motivos para a redução. No entanto, a cidade ainda tem problemas com segurança, fazendo com que os executivos prefiram os alojamentos cinco estrelas.

Se por um lado a tarifa média na Europa reduziu 8%, o Reino Unido as aumentou em 2%. A HRG explica que, mesmo com a crise econômica, não houve forte queda nas viagens de negócios para cidades do Reino Unido, além disso, as taxas continuaram altas em Londres, impulsionadas pelos setores bancário e serviços corporativos. Os principais destinos dos Estados Unidos, incluindo Nova Iorque, tiveram as tarifas médias mais altas que em 2011, por conta do aumento de negócios, assim como o desempenho econômico da região. Sao Francisco teve aumento de 8%, principalmente por conta de grandes convenções e a falta de novos hotéis.

Mais informações sobre a HRG e o Grupo Alatur podem ser obtidas em www.alatur.com.


Hogg Robinson Group (HRG) foi fundada em 1845, no Reino Unido, e é uma das líderes mundiais no setor de viagens corporativas. Está presente em mais de 120 países, distribuídos nos mercados em toda a Europa, América do Norte, Ásia, África, Oriente Médio e América Latina.

Sobre o Grupo Alatur

Fundado em 1991, o Grupo Alatur é uma empresa especialista em Mobilidade Corporativa, 100% nacional líder do mercado no Brasil, que oferece serviços de Logística de Treinamentos, Expense Management, Gestão de Expatriados, Gestão de Frotas, Consultoria em Viagens Corporativas e Programa Estratégico de Gestão de Eventos (PEGE), além de ser uma Travel Management Company (TMC). Conta hoje com quatro unidades de negócios: Alatur Viagens Corporativas; Alatur Eventos e Incentivos; Bora Viagens - para viagens de lazer e a HRG Brasil - é parceira exclusiva do grupo internacional HRG Worldwide. Além disso, mantém joint-venture com a MCI, empresa global líder no gerenciamento de associações, comunicação e eventos. Com aproximadamente 1.200 funcionários, possui escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Curitiba, Belo Horizonte, Joinville e Jaraguá do Sul.

 

Matérias Relacionadas

Geral

Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz Marinha

Grande explosão na capital do Líbano deixou pelo menos dez mortos
Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz Marinha
Guaramirim

Guaramirim confirma 12ª morte por coronavírus

O município já realizou 2993 testes, sendo 2190 descartados e 793 positivos para a doença
Guaramirim confirma 12ª morte por coronavírus
Jaraguá do Sul

Rua Uruguai interditada parcialmente a partir desta quarta-feira

A interdição ocorre devido a parada de caminhão para concretagem de laje e pilares em obras no Condomínio Residencial Carbon localizado naquela via
Geral

Samae esclarece sobre descarte de resíduos de pessoas contaminadas pelo coronavírus

A engenheira sanitarista e gerente de Resíduos Sólidos, Morgana Decker, explica que a principal recomendação para as pessoas que estão com covid-19 é descartar todos os resíduos no lixo comum, evitando a separação dos recicláveis pelo menos no período em
Samae esclarece sobre descarte de resíduos de pessoas contaminadas pelo coronavírus
Ver mais de Geral