#ficaemcasa
Geral

Hospital Infantil terá 20 leitos de UTI e nove salas cirúrgicas

29 Jan 2013 - 19h31

O Hospital Infantil Joana de Gusmão terá, ainda este ano, uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 20 leitos e um centro cirúrgico com nove salas. Uma obra de R$ 7 milhões está em andamento no hospital e prevê também uma nova Central de Material Esterilizado (CME). O secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, e o adjunto Acélio Casagrande foram, na manhã de hoje (29) ao Hospital Infantil vistoriar e acompanhar o andamento das obras.

Tuberculose


Há, ainda, outros dois projetos em andamento no Hospital Infantil: o de criação de oito salas de psiquiatria e readequação da emergência. A construção das oito salas de psiquiatria está prevista no Projeto de Formação e Melhoria da Qualidade de Rede de Atenção à Saúde (QualiSUS) e já há recursos da ordem de R$ 800 mil aprovados pelo Ministério da Saúde para implantação da ala. Roberto Morais, diretor geral da unidade de saúde, explica que o espaço para abertura das salas de psiquiatria já está definido.

A ampliação e humanização da emergência do Hospital Infantil contam com R$ 3,6 milhões - dinheiro aprovado pelo Ministério da Saúde através da Rede de Urgência e Emergência, que destinou à Grande Florianópolis recursos da ordem de R$ 59 milhões para serem investidos nos próximos dois anos. O diretor geral do hospital afirma que os próximos meses serão dedicados à elaboração do projeto de adequação da emergência.

Atualmente, há no Hospital Infantil Joana de Gusmão oito leitos de UTI e quatro salas cirúrgicas. A ampliação vai ser fundamental para ajudar a resolver o problema de falta de leitos de UTI no Estado. "O Hospital Infantil tem de crescer. E, para isso, precisamos fazer planejamento de médio e longo prazos. O que queremos oferecer de estrutura e serviços daqui a cinco ou dez anos precisa ser planejado a partir de agora", avalia o secretário Dalmo de Oliveira, ao lembrar que a expansão de UTIs é uma necessidade premente e que este será um ano fortemente voltado para os hospitais, a fim de melhorar o atendimento.


A previsão é de que em dezembro essas obras sejam inauguradas. Para acompanhar os trabalhos, será criada uma comissão de trabalho e um plano diretor para a obra. O secretário-adjunto Acélio Casagrande explica que a decisão de montar uma comissão é acompanhar a obra de perto e manter um ritmo de trabalho de modo que em dezembro as melhorias já estejam disponíveis para a população.  

Matérias Relacionadas

Geral

Rede solidária planeja produzir 500 mil protetores faciais para profissionais de saúde

Rede solidária de indústrias do país planeja produzir 500 mil protetores faciais para profissionais da saúde
Rede solidária planeja produzir 500 mil protetores faciais para profissionais de saúde
Geral

Rancho de madeira desaba e atinge criança em Schroeder

O fato ocorreu por volta das 15h15 na rua Alberto Zanella, bairro Centro-Leste.
Rancho de madeira desaba e atinge criança em Schroeder
Corupá

Corupá Solidária: doe cestas básicas e produtos de higiene e limpeza para quem precisa

Secretaria de Assistência Social está arrecadado materiais para doação à moradores da cidade
Corupá Solidária: doe cestas básicas e produtos de higiene e limpeza para quem precisa
Coronavírus

[AO VIVO] Governo fala sobre ações de enfrentamento ao novo coronavírus

Participam os ministros Braga Netto, Mandetta e o presidente do BC
[AO VIVO] Governo fala sobre ações de enfrentamento ao novo coronavírus
Ver mais de Geral