Imobiliária Coralli
Geral

Hospital Infantil terá 20 leitos de UTI e nove salas cirúrgicas

29 Jan 2013 - 19h31

O Hospital Infantil Joana de Gusmão terá, ainda este ano, uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 20 leitos e um centro cirúrgico com nove salas. Uma obra de R$ 7 milhões está em andamento no hospital e prevê também uma nova Central de Material Esterilizado (CME). O secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, e o adjunto Acélio Casagrande foram, na manhã de hoje (29) ao Hospital Infantil vistoriar e acompanhar o andamento das obras.


Há, ainda, outros dois projetos em andamento no Hospital Infantil: o de criação de oito salas de psiquiatria e readequação da emergência. A construção das oito salas de psiquiatria está prevista no Projeto de Formação e Melhoria da Qualidade de Rede de Atenção à Saúde (QualiSUS) e já há recursos da ordem de R$ 800 mil aprovados pelo Ministério da Saúde para implantação da ala. Roberto Morais, diretor geral da unidade de saúde, explica que o espaço para abertura das salas de psiquiatria já está definido.

A ampliação e humanização da emergência do Hospital Infantil contam com R$ 3,6 milhões - dinheiro aprovado pelo Ministério da Saúde através da Rede de Urgência e Emergência, que destinou à Grande Florianópolis recursos da ordem de R$ 59 milhões para serem investidos nos próximos dois anos. O diretor geral do hospital afirma que os próximos meses serão dedicados à elaboração do projeto de adequação da emergência.

Atualmente, há no Hospital Infantil Joana de Gusmão oito leitos de UTI e quatro salas cirúrgicas. A ampliação vai ser fundamental para ajudar a resolver o problema de falta de leitos de UTI no Estado. "O Hospital Infantil tem de crescer. E, para isso, precisamos fazer planejamento de médio e longo prazos. O que queremos oferecer de estrutura e serviços daqui a cinco ou dez anos precisa ser planejado a partir de agora", avalia o secretário Dalmo de Oliveira, ao lembrar que a expansão de UTIs é uma necessidade premente e que este será um ano fortemente voltado para os hospitais, a fim de melhorar o atendimento.


A previsão é de que em dezembro essas obras sejam inauguradas. Para acompanhar os trabalhos, será criada uma comissão de trabalho e um plano diretor para a obra. O secretário-adjunto Acélio Casagrande explica que a decisão de montar uma comissão é acompanhar a obra de perto e manter um ritmo de trabalho de modo que em dezembro as melhorias já estejam disponíveis para a população.  

Matérias Relacionadas

Economia

Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses

Os dados foram apresentados na última quinta-feira (17) no Mapa das Empresas
Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses
Saúde

Cientistas regeneram cartilagem que facilita movimentos

Eles usaram sinais químicos para orientar o crescimento das células-tronco esqueléticas à medida em que as lesões na cartilagem cicatrizam
Cientistas regeneram cartilagem que facilita movimentos
Geral

Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável

Manual traz medidas de prevenção ao novo coronavírus
Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável
Economia

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Indicador está 3,1 pontos abaixo do registrado antes da pandemia
Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
Ver mais de Geral