Geral

HOMICÍDIO: SC lidera o ranking

07 Nov 2012 - 17h43

Com um aumento de 44,8% no ano passado sobre 2010, Santa Catarina é o estado onde o número de homicídios mais cresceu no período, aponta o Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado ontem.

O estudo reúne informações do sistema nacional do Ministério de Justiça, que mostra que houve 11,7 assassinatos para cada 100 mil habitantes. A secretária executiva do fórum, Samira Bueno, lembrou que o máximo tolerado pela Organização Mundial de Saúde é de 10 casos por 100 mil pessoas.

Acima do teto, a situação é classificada como epidêmica. Em 2010, SC estava dentro deste limite, quando houve 8,1 mortes para cada 100 mil pessoas. Apesar de ter o indicador de homicídios que mais aumenta, Santa Catarina tem a terceira menor taxa do país, atrás de São Paulo (10,1) e Amapá (0,9).

Samira ressalta que o dado referente ao Amapá é bastante questionável, porque significa apenas seis homicídios em 2011, e também pelo fato de o Estado não alimentar de forma correta o sistema do ministério.

Para o presidente da comissão de Segurança e Criminalidade da OAB/SC, Juliano Keller do Valle, a liderança catarinense no crescimento de assassinatos tem relação com baixo investimento em segurança pública.

- Na Polícia Militar, mais gente se aposenta do que são contratados. O número de policiais diminui enquanto a população cresce - afirmou Juliano.

Além disso, os salários são baixos, e o cotidiano estressante e sem condições de trabalho diminui a produtividade. Ele também atribuiu a liderança de SC no crescimento de assassinatos ao histórico de resultados bastante baixos.

Qualquer alteração tem um grande impacto percentual. O conselheiro da OAB nacional Hélio Brasil disse que a maioria dos homicídios está relacionada ao tráfico de drogas. As mortes ocorrem pela disputa entre criminosos por pontos de venda de drogas e na execução de dependentes com dívidas. Ele acrescenta que o problema não é exclusivo de SC, mas um desafio nacional.

SC lidera em lesão corporal e estupro

O delegado-geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro D'Ávila, afirmou que está atento à influência do tráfico, e que combater este crime é uma das diretrizes da corporação. Santa Catarina é o oitavo estado que proporcionalmente mais prendeu traficantes no ano passado. Aldo contou que a venda de drogas gera delitos satélites, como roubos, furtos e ameaças.

DIÁRIO CATARINENSE

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Comunidade lamenta a morte do comandante dos Bombeiros de Schroeder

Pelas redes sociais, diversas pessoas se manifestaram, lamentando a partida precoce de Jairê Michel Engler, 26 anos
Comunidade lamenta a morte do comandante dos Bombeiros de Schroeder
Geral

Corporações da região se unem para cumprir escala de plantão em Schroeder

Comandante, Jairê Michel Engler, 26 anos, morreu nesta sexta-feira (14) vítima de acidente
Corporações da região se unem para cumprir escala de plantão em Schroeder
Geral

Secretaria de Assistência Social faz 5ª entrega de alimentos em Jaraguá

Produtos foram arrecadados através da Campanha VacinAção Solidária
Secretaria de Assistência Social faz 5ª entrega de alimentos em Jaraguá
Geral

Samae estará presente no segundo "Jaraguá em ação nos Bairros"

A ação começa na próxima segunda-feira (17), nos bairros Rio Cerro I e Rio Cerro II
Samae estará presente no segundo "Jaraguá em ação nos Bairros"
Ver mais de Geral