Joaçaba Pneus
Geral

Homem do campo garante direitos e benefícios ao emitir Nota Fiscal

Documento é obrigatório na circulação de bens e materiais relacionados com as atividades, mercadorias e produtos de uma propriedade rural

18 Mai 2021 - 09h35Por Janici Demetrio
Homem do campo garante direitos e benefícios ao emitir Nota Fiscal - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Segundo orientação da própria Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura de Jaraguá do Sul ao Emitir a nota fiscal (NF) de produtor rural, o agricultor ou pecuarista está automaticamente garantindo seus direitos e benefícios junto ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) como aposentadoria, auxílio doença, auxílio maternidade.

“Também é importante para formar o índice de participação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias de Serviços) dos municípios. Mais nota, mais dinheiro, afinal a arrecadação de impostos auxiliam na construção de estradas rurais, postos de saúde, escolas, creches, hospitais”, explicou o engenheiro agrônomo e secretário-executivo do Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário (Comdagro), Jackson Haroldo Schütz .

A emissão da nota de produtor, continua o representante do Comdagro, evita problemas com fiscalização tributária e multas. “As notas fiscais ainda servem para a comprovação de renda e acesso aos serviços públicos. Comprova a participação dos agricultores no abastecimento interno do Município/Estado, etc. Emitir nota fiscal é uma demonstração de honestidade e dever cumprido”, argumentou.

Outra vantagem da emissão da NF é que isso permite ao produtor o acesso linhas de crédito como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), descontos na compra de veículos e até uma aposentadoria mais segura, enquanto contribui com o desenvolvimento do lugar onde mora.

Já o secretário de Desenvolvimento Rural e Abastecimento de Jaraguá do Sul, Marcos Voltolini, ponderá que esta prática permite a Estados e Municípios saber exatamente o quanto foi comercializado no setor agropecuário e, assim, ajudam o meio rural com recursos em forma dos benefícios já mencionados.

“Por isso, os produtores não devem esquecer de todo mês fazer a nota fiscal de produtor rural e mandar a primeira e terceira via para a empresa/comprador e depois dar baixa na Secretaria de Desenvolvimento Rural (ou de forma online, se nota eletrônica)”

A emissão da Nota Fiscal do produtor rural é gratuita e, para obtê-la, o agricultor deverá procurar a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura ou emitir também a nota fiscal eletrônica.

"O produtor emissor de notas pode realizar seu cadastro na Secretaria Municipal do Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura e receber atendimentos técnicos e veterinários, serviços de máquinas e equipamentos (como tratores e seus implementos; retroescavadeira, escavadeira hidráulica, esteira) com descontos, além de poder participar de demais benefícios oferecidos conforme as leis municipais”, concluiu Jackson Schütz.

Matérias Relacionadas

Geral

Fecaplant de Corupá já tem data definida

Evento está marcado para maio do ano que vem
Fecaplant de Corupá já tem data definida
Política

Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá

Durante a execução dos trabalhos, que durarão aproximadamente 30 dias, o trânsito estará interrompido nos dois sentidos, entre as 8h e às 17h.  
Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá
Geral

Globo antecipa saída de Faustão e anuncia Tiago Leifert nas tardes de domingo

Tiago Leifert vai substituir Faustão e assumir as tardes de domingo até a estreia do novo projeto em desenvolvimento com Luciano Huck.
Globo antecipa saída de Faustão e anuncia Tiago Leifert nas tardes de domingo
Geral

[VÍDEO] Mar invade avenida em Barra Velha

Segundo a Defesa Civil do município não houve dano considerável na região centra da cidade
[VÍDEO] Mar invade avenida em Barra Velha
Ver mais de Geral