Haitianos no Brasil

Haitianos montam entidade de apoio à estrangeiros

22 Ago 2016 - 13h59
Haitianos montam entidade de apoio à estrangeiros -
A informação é do presidente do Movimento Social para Reunião dos Haitianos no Brasil – MOSPREHAB –, François Louis, que mora no Brasil há pouco mais de três anos. De acordo com ele, a intenção é oferecer apoio aos estrangeiros desde encaminhamentos de documentação, assistência social, saúde e trabalho. Segundo François, atualmente, o número de haitianos na região reduziu em relação ao ano passado. “Muitos voltaram para o Haiti, por causa da crise nas empresas, onde muitos foram demitidos”, explicou em entrevista na Rádio Jaraguá, nesta segunda-feira.



Segundo o presidente do Movimento, a reunião do próximo dia 30, será a partir das 19h, no auditório do Instituto Federal de Santa Catarina, na Avenida Getúlio Vargas, Centro de Jaraguá do Sul.

Ouça a entrevista com o apresentador Celso Nagel.

[jwplayer mediaid="291814"]

Matérias Relacionadas

Economia

Warren recebe R$ 120 milhões em rodada de investimento

Em plena crise provocada pelo coronavírus, a corretora anuncia seu maior aporte. Valor será utilizado para deixar a experiência do cliente na plataforma ainda melhor
Warren recebe R$ 120 milhões em rodada de investimento
Esportes

Corinthians e Grêmio podem ter desfalques no reinício dos estaduais

Timão anuncia que Cantillo testou positivo para covid-19
Corinthians e Grêmio podem ter desfalques no reinício dos estaduais
Corupá

Não deixe para a última hora: alistamento militar segue até 30 de setembro

Jovens corupaenses podem procurar a Junta Militar do Município para tirar dúvidas
Não deixe para a última hora: alistamento militar segue até 30 de setembro
Santa Catarina

Estiagem em SC: Mesmo com a presença de chuva, alguns municípios catarinenses seguem em sinal de alerta

Conforme dados estudados, dentre as 279 cidades catarinenses é possível destacar que tem 212 municípios em estado de normalidade
Estiagem em SC: Mesmo com a presença de chuva, alguns municípios catarinenses seguem em sinal de alerta
Ver mais de Geral