Promoção - MEU PAI É
Geral

HABITAÇÃO: Famílias de agricultores recebem casas novas em SC

27 Set 2012 - 16h01

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura de SC (Fetaesc), entrega nesta quinta-feira as chaves da casa nova para mais oito famílias. A entrega acontece nos municípios de Iraceminha e Descanso, onde as famílias receberam subsídios para construção da nova residência num total mais de R$ 177 mil em recursos que animaram a economia da região. "A entrega das chaves às famílias acontece em um momento muito importante que anima os agricultores e, principalmente, anima os jovens a ficar na roça", afirma Dresch.


Além da assinatura, novos contratos voltados a Habitação Rural serão assinados este ano. No total, serão beneficiadas 182 famílias dos municípios de Caibi, Campos Novos, Cunha Porã, Descanso, Iraceminha, Marema, Lajeado Grande, Ponte Serrada, Riqueza, São Miguel do Oeste, Barra Bonita, Armazém e Itaiópolis.

O total da ação compreende 470 contratos que até o fim de outubro devem ser assinados e que beneficiarão o comércio, gerando empregos e aquecendo a economia com, aproximadamente, R$ 12 milhões em recursos nos municípios envolvidos.

Os contratos são realizados por intermédio do Programa Minha Casa Minha Vida Rural, que tem os recursos originários do Ministério das Cidades e eram destinados, inicialmente, para a Caixa Econômica Federal. Porém, a partir de agora, o processo também pode ser operacionalizado pelo Banco do Brasil que no Estado formalizou convênio com a Fetaesc, que Entidade Organizadora dos projetos de habitação rural.

A expectativa é que até o final deste ano 1,5 mil famílias possam ser atendidas com novas residências ou, pelo menos, com as obras iniciadas. "Estes projetos significam mais qualidade de vida e dignidade para nossos agricultores. É uma necessidade fundamental para a manutenção das famílias no campo", declara José Walter Dresch, presidente da Fetaesc


            Para execução dos projetos, a Fetaesc conta com a parceria do Programa SOS Sustentar. Segundo o diretor do Programa de Marketing Socioambiental SOS Sustentar, Rolf Sprung, hoje a maior concentração de agricultores para serem beneficiados com casa nova ou reforma está concentrado na região Oeste, devido à insistência dos sindicados que não deixaram de acreditar no programa. "Essa persistência resultou em diversas adequações dos projetos, mas que por outro lado, está garantindo agora uma maior rapidez já que os agricultores têm a documentação e projetos já pré-elaborados", salienta Rolf.

Na avaliação da Fetaesc, a importância do programa não se reflete apenas na qualidade de vida das famílias de agricultores, mas incide positivamente em toda a economia dos municípios e regiões onde as ações são efetivadas.

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Jaraguá confirma 15ª morte por covid

De 26 de julho a 1º de agosto, o município confirmou 489 novos casos de coronavírus
Jaraguá confirma 15ª morte por covid
Geral

Programa da CDL Jaraguá do Sul já recolheu mais de 15 toneladas de lixo eletrônico em 2020

Estima-se que apenas de 10% a 40% de todo volume de resíduos eletroeletrônicos são reciclados. O restante acaba em lixões a céu aberto e aterros ou é incinerado
Programa da CDL Jaraguá do Sul já recolheu mais de 15 toneladas de lixo eletrônico em 2020
Geral

CDL Jaraguá do Sul completa 52 anos

Com o objetivo de fomentar as vendas, entre os associados, a CDL Jaraguá do Sul inova a cada ano, em suas campanhas publicitárias, e também realiza sorteios de grandes prêmios em datas comemorativas
CDL Jaraguá do Sul completa 52 anos
Geral

Sicredi doa mais de 64 toneladas de alimentos para famílias da região

Agências do Sicredi se mobilizaram com a comunidade por meio do Dia C e arrecadaram o equivalente 6.450 cestas básicas com alimentos e produtos de higiene e limpeza
Sicredi doa mais de 64 toneladas de alimentos para famílias da região
Ver mais de Geral