Imobiliária Coralli
Geral

Grupo protesta contra mudanças no Código Florestal

07 Mar 2012 - 17h32

Representantes de movimentos sociais realizaram um protesto em frente ao Congresso Nacional na manhã desta quarta-feira (7) contra alterações ao Código Florestal, que trata da preservação ambiental em propriedades rurais. O manifesto prejudicou o trânsito no centro de Brasília.


Na terça, a Câmara adiou para a próxima semana a votação do projeto que modifica o Código Florestal por falta de acordo em torno de trechos polêmicos do texto, aprovado no ano passado pelo Senado.

Na manhã desta quarta, o relator do projeto na Câmara, deputado Paulo Piau (PMDB-MG), apresenta o texto final da proposta em reunião fechada.

Participam do protesto cerca de 250 organizações ambientalistas, de pescadores e de camponeses. Para o analista da ONG WWF, Kenzo Jucá, o projeto que está sendo apresentado no Congresso é prejudicial para as florestas.

"É um projeto que faz o Brasil perder a sua principal vantagem comparativa no mundo, que é a sua biodiversidade, e a possibilidade de aliar desenvolvimento com preservação e conservação", disse Jucá.

Os manifestantes pretendem montar um banner vivo com a mensagem "Veta Dilma" - um pedido para que a presidente vete a proposta do código no caso de aprovação pelo Congresso.

Votação
Segundo o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), uma reunião entre os líderes da base está marcada para a tarde desta quarta-feira (7) para analisar o relatório de Paulo Piau.


"A base aliada está firme. Vamos discutir amanhã e votar na terça [13]. É bom ter paciência para votar. É bom ouvir as pessoas. A rigor, nós temos o mês de março todinho para votar. Se fosse para votar hoje, nós ganharíamos, mas estamos construindo este acordo, e inclusive há um pedido do governo para construirmos este acordo", afirmou o líder.

Para o deputado Paulo Piau, levar o projeto à votação sem acordo entre os líderes partidários pode trazer um "prejuízo". "A nossa preocupação é pedir [...] uma semana para a gente acabar de amadurecer duas coisas: a área de preservação permanente e aplicação do código na área urbana, dois pontos em que ainda falta acordo mínimo", disse o relator.

GLOBO.COM

Matérias Relacionadas

Segurança

Motociclista sem habilitação se envolve em colisão no bairro Vila Lenzi

No local estava presente somente a condutora do carro, sendo que o motociclista havia sido levado para atendimento no Hospital São José
Motociclista sem habilitação se envolve em colisão no bairro Vila Lenzi
Trânsito

Caminhão roubado no Rio de Janeiro em 2015 é recuperado em Itapema

Caminhão roubado no Rio de Janeiro em 2015 é recuperado em Itapema
Saúde

Confira quais são os bairros de Jaraguá com mais casos da Covid-19

Pelo menos 122 pacientes seguem em tratamento no município
Confira quais são os bairros de Jaraguá com mais casos da Covid-19
Esportes

Pandemia adia Corrida de São Silvestre para maio do ano que vem

Tradicionalmente em 31 de dezembro, prova terá duas edições em 2021
Pandemia adia Corrida de São Silvestre para maio do ano que vem
Ver mais de Geral