Imobiliária Coralli
Geral

Governo estuda incluir Enem no cálculo do Ideb para universalizar índice

22 Ago 2012 - 16h01

O Ministério da Educação estuda a substituição da Prova Brasil pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o cálculo do índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb). Os resultados do Enem confeririam maior universalidade aos resultados do ensino médio. Em 2011, o exame recebeu 1,5 milhão de inscrições de estudantes que concluíam essa fase, enquanto a amostra do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que inclui a Prova Brasil, avaliou 70 mil candidatos.

"O Enem é quase censitário e os alunos já estão cobrando resultados", disse o ministro Aloizio Mercadante. "Com as cotas sociais, a participação deve crescer ainda mais." Durante encontro do ministro com representantes do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), na manhã desta terça-feira, 21, foi proposta a criação de um grupo de trabalho para debater a valorização do ensino médio.

O grupo de trabalho contará com representantes do MEC, cinco representantes do Consed, um de cada região, e observadores da Academia Brasileira de Ciência e da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Outros temas que o grupo deverá discutir serão o redesenho curricular do ensino médio, a ampliação do ensino médio inovador e do ensino integral diurno. O grupo deve apresentar o resultado das discussões na próxima reunião do Consed, em 18 de outubro, em Santa Catarina.


Para Mercadante, a restruturação do currículo para o ensino médio deve abranger as quatro áreas de concentração do conhecimento do Enem - matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias. Para o ministro, o ensino médio inovador, que tem uma hora diária a mais e totaliza cinco horas, e o professor, ao atuar em tempo integral na escola, devem ser valorizados. "O ensino médio inovador trabalha com a flexibilidade curricular na interação por concentração de conhecimento", explicou.


Também foi discutida a realização, em 2013, da Prova Nacional de Ingresso na Carreira Docente. A iniciativa pretende selecionar professores para auxiliar municípios que têm dificuldades em realizar seus próprios concursos. O exame deve acontecer no segundo semestre do próximo ano.

Assessoria de Comunicação Social

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Estiagem em SC: Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta

Conforme dados, entre 286 municípios monitorados, 214 estão em estado de normalidade, 56 em atenção, 13 em alerta e 3 em crítico
Estiagem em SC: Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta
Esportes

Sete modalidades abrem Paralimpíada de Tóquio no ano que vem

Cronograma indica primeira medalha no ciclismo de pista
Sete modalidades abrem Paralimpíada de Tóquio no ano que vem
Geral

CIEE registra aumento no número de vagas de estágio e aprendizagem

Mês de abril registrou maior retração devido à covid-19
CIEE registra aumento no número de vagas de estágio e aprendizagem
Economia

Captação da poupança bate recorde para meses de julho

Depósitos superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado
Captação da poupança bate recorde para meses de julho
Ver mais de Geral