Unimed - Capa
Geral

Governo de SC aguarda decisão do STF sobre mudança no critério de correção do piso salarial do magistério

11 Set 2012 - 11h57

O governo do estado aguarda decisão do Supremo Tribunal Federal sobre a ação direta de inconstitucionalidade que questiona os critérios que corrige anualmente o piso salarial dos professores. Santa Catarina e mais cinco estados, Mato Grosso do Sul, Goiás, Piauí, Rio Grande do Sul e Roraima, assinam o recurso judicial. Os seis estados querem que o reajuste ocorra pelos índices da inflação e que os salários dos professores saiam das negociações entre os governos estaduais e com os sindicatos do magistério. Atualmente é o Ministério da Educação que define o reajuste do piso, baseado no percentual de crescimento do valor mínimo anual por aluno do FUNDEB. Como de 2011 a 2012 o aumento desse percentual foi de 22%, o piso também foi reajustado nesse valor. Para 2013 a estimativa é para um aumento maior de 23%. Segundo o governo do estado esses critérios estão inviabilizando investimentos em outras áreas da educação. O secretário de estado da educação, Eduardo Deschamps comenta:

[jwplayer mediaid="70300"]

De acordo com o secretário, questionar a forma de correção, não significa não reconhecer o piso. Agora os seis estados aguardam a decisão do Supremo Tribunal Federal:

[jwplayer mediaid="70298"]

O sindicado dos trabalhadores em educação, SINTE, emitiu uma nota repudiando a ação dos seis governadores. A nota afirma que a medida é uma afronta à luta dos trabalhadores e ao direito de todos os brasileiros a uma educação pública de qualidade que valorize seus professores e a sociedade. De acordo com a nota, é inadmissível saber que o Brasil, um país com o maior PIB da América Latina, é o que paga o menor salário para os professores. O SINTE pretende mobilizar a sua base sindical para traçar um plano de lutas.

(JOTHA SANTOS)

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Certificação de cópias passa a ser de forma online
Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital
Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Ver mais de Geral