segunda, 15 de julho de 2019 - 20h59
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Segurança

Governo anuncia medidas na área de segurança pública e pode transferir presos para unidades federais

05 Fev 2013 - 17h03

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (4) na capital, o governador Raimundo Colombo, analisou o combate do Estado contra os ataques criminosos registrados em 16 cidades de Santa Catarina desde a semana passada. Acompanhado da cúpula da Segurança Público, ele negou que há inércia do Governo para tentar resolver a situação:

[jwplayer mediaid="65260"]

Colombo anunciou concurso público imediato para a contratação de 1.500 policiais militares e 300 agentes prisionais:

[jwplayer mediaid="65258"]

O governador disse que está acompanhando de perto os atentados e afirmou que terá uma audiência com o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, amanhã em Brasília, para discutir ações conjuntas:

[jwplayer mediaid="65256"]

 Raimundo Colombo não descartou a transferência de líderes de facções criminosas para prisões federais:

[jwplayer mediaid="65254"]

Sobre o vídeo que mostra agentes prisionais torturando presos na penitenciária de Joinville, o governador foi enfático:

[jwplayer mediaid="65262"]

Colombo destacou também que seis mil presos estão trabalhando no sistema prisional catarinense.

JOTHA SANTOS