Geral

Governador Moisés conhece projeto da Marinha que deve gerar dois mil empregos diretos em Itajaí

O Programa Tamandaré, que investirá entre US$ 1,6 bilhão e US$ 2 bilhões na renovação da frota. A construção dos navios, ocorrerá de maneira escalonada, com a primeira entrega em 2024 e última em 2028

19 Mai 2019 - 06h00Por Governo do Estado de Santa Catarina
Governador Moisés conhece projeto da Marinha que deve gerar dois mil empregos diretos em Itajaí - Crédito: Julio Cavalheiro/Secom Crédito: Julio Cavalheiro/Secom

Um projeto da Marinha do Brasil que deve gerar dois mil empregos diretos e outros seis mil indiretos na cidade de Itajaí, por meio da construção de quatro navios de guerra. Esse é o Programa Tamandaré, que investirá entre US$ 1,6 bilhão e US$ 2 bilhões na renovação da frota. Detalhes do projeto foram apresentados ao governador Carlos Moisés por uma comitiva de oficiais da Marinha na tarde de quinta-feira (16), em reunião na Casa d’Agronômica.

Liderados pelo almirante de esquadra Luiz Henrique Caroli, os oficiais explicaram os benefícios que o empreendimento trará para o Litoral Norte do estado. O governador se mostrou empolgado com o projeto e colocou a estrutura do Governo à disposição.

“É um projeto importante que trará empregos e renda para o nosso estado. Ficamos honrados que Santa Catarina tenha sido escolhida para a construção dos navios. Nosso objetivo é trazer cada vez mais investimentos para cá”, disse Moisés.

O almirante Caroli explicou que a construção dos navios, a ser realizada no estaleiro Oceana, ocorrerá de maneira escalonada, com a primeira entrega em 2024 e última em 2028. A comitiva da Marinha também visitou a Fiesc na manhã de quinta-feira (16) e, na sexta-feira (17), foi recebido pela prefeitura de Itajaí.

Além de Moisés e dos oficiais da Marinha, também participou da reunião o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

“A empreitada no Estaleiro de Itajaí, com a construção de quatro fragatas modernas, traz sinais concretos e muito positivos para a retomada do crescimento da indústria naval catarinense. Além dos bilhões de dólares investidos e os milhares de empregos diretos e indiretos, este movimento incrementa a atividade econômica da região e cria vínculos com empresas catarinenses do setor”, destaca o secretário Esmeraldino. 


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Governo do Estado começa distribuição de mais 50 respiradores para hospitais catarinenses

Os equipamentos foram entregues na tarde de sexta-feira, 05, em mais uma força-tarefa que envolveu equipes do Governo do Estado
Governo do Estado começa distribuição de mais 50 respiradores para hospitais catarinenses
Santa Catarina

Infraestrutura regulamenta regras sanitárias para retomada do transporte coletivo intermunicipal em SC

Dentre as normas que devem ser adotadas pelas empresas de transporte coletivo intermunicipal com características rodoviárias estão a ocupação de até 50% da capacidade com os passageiros sentados intercaladamente
Infraestrutura regulamenta regras sanitárias para retomada do transporte coletivo intermunicipal em SC
Jaraguá do Sul

Fujama se reinventa para celebrar Mês do Meio Ambiente

Lives, vídeos e até cartilha. Em tempos de pandemia, biólogos usam a tecnologia para divulgar a necessidade de se preservar a natureza
Fujama se reinventa para celebrar Mês do Meio Ambiente
Educação

Educação virtual de Jaraguá é referência para o país

Mais de 20 mil estudantes são atendidos no novo sistema
Educação virtual de Jaraguá é referência para o país
Ver mais de Geral