Mês do Trânsito - Rádio
Geral

Gêmeas seguem internadas em Florianópolis

11 Jan 2012 - 12h37

As gêmeas Stefani e Dafni Peres de Lima, de aproximadamente um ano e dois meses, permanecem internadas no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Floriánópolis. Nesta manhã, a assessoria de imprensa do hospital informou o estado de saúde das crianças, que sobreviveram ao incêndio da casa onde moravam.


De acordo com os médicos que atendem as meninas, Dafni está em uma ala de recuperação. Ela teve pouco mais de 30% do corpo atingido pelo fogo. Nesta quarta-feira (11), será avaliado o quadro dela, que não corre risco de morte. Já a situação de Stefani é mais complicada. Com 85% do corpo queimado, ela está na UTI e seu estado é grave.

As gêmeas foram tiradas de dentro da casa em chamas por um vizinho da família. Romeu Tomm, 36, contou que ao ser informado pela manhã das gêmeas que as crianças ainda estavam dentro da casa em chamas, não pensou duas vezes e entrou na residência. A primeira menina (Dafni) foi encontrada engatinhando em direção à porta. Ele a socorreu e entregou para outro vizinho que esperava na porta. A segunda menina (Stefani), Romeu encontrou em cima da cama, com a fralda e o cabelo em chamas. Com as próprias mãos, ele apagou o fogo e levou a menina para fora da residência. Quando chegou no pátio, o telhado da casa desabou.

Nesta manhã durante o Programa Clube do Ouvinte, o repórter Sérgio Luiz conversou com Romeu Tomm, que falou como está a família após o incêndio.

[jwplayer mediaid="83390"]

--

NOTICIA ANTERIOR

Ato heróico salva vida de duas crianças em incêndio


Problemas na rede elétrica podem ter sido a causa de um incêndio que destruiu uma casa na tarde desta segunda-feira (9)na Rua RI (rua irregular) 158, na Tifa Schmitt, em Ribeirão das Pedras. Dentro da residência estavam Ângela Peres de Lima e os três filhos, um menino de cinco anos e duas imãs gêmeas de um ano. Ângela disse no Hospital Jaraguá, onde os quatro foram atendidos que levou uma descarga elétrica, quando estava no banheiro, e desmaiou.


Um vizinho, que mora em uma casa no mesmo terreno, na parte mais alta, viu uma fumaça e foi até a casa do dono do imóvel avisar, pois achou que não havia ninguém na residência, que parecia estar fechada. Romeu Tomm, 36 anos, estava na casa dos pais quando o vizinho chegou para contar o que aconteceu. Todos correram para a residência que ficava em um terreno junto com outros imóveis alugados.

Quando chegaram, a mãe e o filho mais velho, Andrei Peres de Lima, já haviam escapado. Desesperada, a mulher gritou que as filhas estava no quarto. Romeu entrou na casa em chamas e encontrou uma das meninas engatinhando ma cozinha. " Ela tentava sair", contou Romeu. Ele agarrou a criança entregando-a para um vizinho. A segunda menina ele encontrou no quarto, em cima do colchão em chama, com o cabelo e a fralda pegando fogo. Ele disse que apagou as chamas com as mãos e correu com a criança para fora. " Foi quando o telhado desabou", disse Romeu.

A mãe e o menino com ferimentos leves foram liberados pelos médicos depois de atendidos no Hospital Jaraguá. As duas meninas, Stefani Peres de Lima e Dafni Peres de Lima, que sofreram queimaduras de 80% e 30% foram levadas pelo helicóptero Águia, de Joinville, para o Hospital Joana de Gusmão, em Florianópolis.

De acordo com o boletim médico do Hospital Joana de Gusmão, divulgado nesta manhã, Dafni Peres de Lima, que teve 30% do corpo queimado, não corre risco de morte ela está na ala de queimados do hospital. Já, o estado de Stefani Peres de Lima, que teve 80% do corpo queimado, é grave e ela está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

(SÉRGIO LUIZ)

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá do Sul registra 39ª morte em decorrência do coronavírus

Nas últimas 48 horas foram 34 novos casos e 31 pessoas recuperadas
Jaraguá do Sul registra 39ª morte em decorrência do coronavírus
Santa Catarina

TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020

Até o meio-dia desta segunda-feira (28), haviam 21.422 pedidos de registro de candidaturas no estado, o que representa um aumento de 21,45% em comparação com as eleições municipais de 2016
TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020
Geral

Em parceria com entidades da região, ACIJS lança campanha de combate à violência doméstica

O conceito foi desenvolvido para mobilizar a comunidade em prol do assunto, dando um basta nos casos de agressão física e psicológica que aumentaram neste período de pandemia
Em parceria com entidades da região, ACIJS lança campanha de combate à violência doméstica
Economia

União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa

Programa integra pacote de auxílio durante pandemia da covid-19
União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa
Ver mais de Geral