Mês do Trânsito - Rádio
Geral

Gêmeas que ficaram feridas durante incêndio passam por cirurgia

12 Jan 2012 - 19h06

A menina Stefani Peres de Lima, de aproximadamente um ano e dois meses, que teve 85% do corpo queimado durante um incêndio no bairro Ribeirão das Pedras no Garibaldi, deve passar, nesta sexta-feira (13), pela primeira das cinco cirurgias previstas.  De acordo com o boletim médico do Hospital Joana de Gusmão, em Florianópolis, onde elas estão internadas, Stefani permanece na UTI em estado estável. A irmã gêmea, Dafni, que teve queimaduras em 30% do corpo, passou por uma cirurgia de reimplante da pele nesta quarta-feira (11). De acordo com o cirurgião pediátrico que acompanha as meninas, Maurício Pereima, a operação correu bem e a menina continua em estado estável na ala de queimados. A expectativa é de que ela seja submetida a mais uma cirurgia antes de ser liberada.


As gêmeas foram tiradas de dentro da casa em chamas por um vizinho da família. Romeu Tomm, 36, contou que ao ser informado pela mãe das gêmeas que as crianças ainda estavam dentro da casa em chamas, não pensou duas vezes e entrou na residência. A primeira menina (Dafni) foi encontrada engatinhando em direção à porta. Ele a socorreu e entregou para outro vizinho que esperava na porta. A segunda menina (Stefani), Romeu encontrou em cima da cama, com a fralda e o cabelo em chamas. Com as próprias mãos, ele apagou o fogo e levou a menina para fora da residência. Quando chegou no pátio, o telhado da casa desabou.

Matérias Relacionadas

Economia

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Indicador está 3,1 pontos abaixo do registrado antes da pandemia
Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
Geral

Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor

Governo ainda precisa criar Autoridade Nacional de Proteção de Dados
Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
Saúde

Pesquisadores criam tecido para restaurar nervos e ossos lesionados

A descoberta poderá ajudar pessoas que têm dificuldade para realizar atividades do dia a dia e ajudar o corpo delas a se curar sozinho das lesões
Pesquisadores criam tecido para restaurar nervos e ossos lesionados
Geral

Sargento despede-se do 14º Batalhão

Sargento despede-se do 14º Batalhão
Ver mais de Geral