Delivery Much
GERAL

Funcionários do Metrô de SP desistem de greve nesta terça

29 Abr 2019 - 22h36

Os funcionários do Metrô de São Paulo decidiram que não haverá greve nesta terça-feira, 30, como havia sido anunciado pelo sindicato da categoria. A operação de todas as linhas do sistema deve funcionar normalmente nesta semana.

Os metroviários havia anunciado a paralisação na quinta-feira passada, dia 25. Nas últimas semanas, os funcionários têm usado coletes vermelhos, com frases pedindo reajuste salarial e críticas às privatizações na empresa e à reforma da Previdência em discussão no Congresso.

Nesta segunda, 29, uma reunião no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo, na Rua da Consolação, que tentava evitar a paralisação, havia terminado sem acordo. O desembargador Rafael Pugliese Ribeiro, vice-presidente judicial que, na audiência, determinou que o Metrô reajuste os salários dos metroviários com base no IPC-Fipe do mês de maio (4,46%). O sindicato dos metroviários pedia reajuste de 19%, com base no aumento de produtividade dos últimos cinco anos.

Ribeiro também havia determinado que, em caso de greve, os metroviários mantivessem 70% do pessoal em serviço nos horários de pico (das 7h às 19 e das 17h às 19h) e 50% nos demais horários. O Metrô funciona das 4h40 à meia-noite.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Tamanini recebe demandas de empresários de condomínio industrial em Corupá

A necessidade de uma rotatória de acesso ao condomínio e preocupação com falta de mão de obra foram os principais assuntos abordados
Tamanini recebe demandas de empresários de condomínio industrial em Corupá
Geral

Prefeitura de Jaraguá contrata estagiários de ensino superior

A partir desta quinta-feira (28) o formulário de inscrição já estará disponível
Prefeitura de Jaraguá contrata estagiários de ensino superior
Geral

Primeira plenária do ano da CDL de Jaraguá ocorre nesta quarta

Encontro online ocorre a partir das 19h30
Geral

Incêndio na boate Kiss completa oito anos sem julgamento dos réus

Tragédia resultou na morte de 242 pessoas e deixou 680 feridos
Incêndio na boate Kiss completa oito anos sem julgamento dos réus
Ver mais de Geral