Promoção - MEU PAI É
Geral

Funcionários da Prefeitura de Jaraguá do Sul são surpreendidos por corte nos salários

31 Jan 2013 - 17h57



Uma reunião na próxima sexta-feira, às 11h, pode por fim a um impasse entre funcionários públicos municipais de Jaraguá do Sul e a Administração. Nesta quarta-feira pela manhã, funcionários do Setor de Obras ameaçaram parar as atividades. Eles ficaram surpresos ao receber as folhas de pagamentos e verificarem que houve um corte de cerca de 20% dos salários pela suspensão do pagamento de insalubridade. Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais, a medida tomada afeta cerca de 600 funcionários dos setores de Obras, Saúde, Educação e da Administração. Para aqueles que ganham o menor salário, que é de R$ 860,00, a suspensão da insalubridade corresponde a uma redução de R$ 170,00. Para quem ganha mais, a redução pode chegar aos R$ 300,00 nos salários.


De acordo com o presidente do Sinsep, Luiz Ortiz Primo, a suspensão da insalubridade ocorreu por causa de uma atualização do laudo de segurança do trabalho, que não acontece desde 2003. O que os servidores não concordam é que o corte teria acontecido sem uma comunicação.

[jwplayer mediaid="65471"]

No começo da tarde de ontem, o Sinsep se reuniu com parte dos 120 funcionários do setor de Obras afetados pela suspensão da insalubridade e eles vão esperar o resultado da reunião de sexta-feira, com o prefeito Dieter Janssen (PP). Já nesta quinta-feira (31), acontece reunião semelhante com os servidores da Saúde. Será às 18h, na sede do Siticom, na Epitácio Pessoa.

[jwplayer mediaid="65475"]

O corte da insalubridade teria tido origem em um Termo de Ajustamento de Conduta, assinado em 2001, quando o Ministério Público determinou ao município resolver as questões e problemas de saúde do servidor municipal. O último laudo sobre insalubridade ocorreu há dez anos, quando deveria ser anual. 

Nesta manhã algumas serventes do setor de limpeza da prefeitura realizaram uma manifestação:

[jwplayer mediaid="65469"]

Na manhã de hoje nós conversamos com o prefeito Dieter Janssen sobre a reunião de amanhã. Ele diz que vai avaliar todos os casos e se algum deles tiver que retornar, ele o fará.

[jwplayer mediaid="65473"]

JOTHA SANTOS /  DIAS GOMES / ROGÉRIO TALLINI

 

Matérias Relacionadas

Brasil

Brasil tem 12,2 milhões de pessoas sem trabalho, segundo IBGE

Dados são da Pnad Covid-19 sobre a segunda semana de julho
Brasil tem 12,2 milhões de pessoas sem trabalho, segundo IBGE
Santa Catarina

Ciclone em SC: Agricultores terão acesso a financiamentos do Plano Safra com juro zero

Foram 44.255 estabelecimentos agropecuários e 1.771 pescadores e maricultores atingidos
Ciclone em SC: Agricultores terão acesso a financiamentos do Plano Safra com juro zero
Santa Catarina

Uma em cada cinco empresas de SC planeja investir já durante a pandemia

Levantamento realizado por FIESC, Fecomércio-SC e Sebrae/SC mostra que, apesar dos prejuízos acumulados, setor empresarial busca recursos para investir em novos projetos; além disso, a pesquisa demonstra um movimento de recuperação do emprego, que se conf
Uma em cada cinco empresas de SC planeja investir já durante a pandemia
Saúde

Aplicativo ajudará a rastrear contatos de infectados com covid-19

Inovação do governo rastreará apenas quem quiser se declarar positivo
Aplicativo ajudará a rastrear contatos de infectados com covid-19
Ver mais de Geral