Geral

Funcionários da Prefeitura de Jaraguá do Sul são surpreendidos por corte nos salários

31 Jan 2013 - 17h57



Uma reunião na próxima sexta-feira, às 11h, pode por fim a um impasse entre funcionários públicos municipais de Jaraguá do Sul e a Administração. Nesta quarta-feira pela manhã, funcionários do Setor de Obras ameaçaram parar as atividades. Eles ficaram surpresos ao receber as folhas de pagamentos e verificarem que houve um corte de cerca de 20% dos salários pela suspensão do pagamento de insalubridade. Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais, a medida tomada afeta cerca de 600 funcionários dos setores de Obras, Saúde, Educação e da Administração. Para aqueles que ganham o menor salário, que é de R$ 860,00, a suspensão da insalubridade corresponde a uma redução de R$ 170,00. Para quem ganha mais, a redução pode chegar aos R$ 300,00 nos salários.


De acordo com o presidente do Sinsep, Luiz Ortiz Primo, a suspensão da insalubridade ocorreu por causa de uma atualização do laudo de segurança do trabalho, que não acontece desde 2003. O que os servidores não concordam é que o corte teria acontecido sem uma comunicação.

[jwplayer mediaid="65471"]

No começo da tarde de ontem, o Sinsep se reuniu com parte dos 120 funcionários do setor de Obras afetados pela suspensão da insalubridade e eles vão esperar o resultado da reunião de sexta-feira, com o prefeito Dieter Janssen (PP). Já nesta quinta-feira (31), acontece reunião semelhante com os servidores da Saúde. Será às 18h, na sede do Siticom, na Epitácio Pessoa.

[jwplayer mediaid="65475"]

O corte da insalubridade teria tido origem em um Termo de Ajustamento de Conduta, assinado em 2001, quando o Ministério Público determinou ao município resolver as questões e problemas de saúde do servidor municipal. O último laudo sobre insalubridade ocorreu há dez anos, quando deveria ser anual. 

Nesta manhã algumas serventes do setor de limpeza da prefeitura realizaram uma manifestação:

[jwplayer mediaid="65469"]

Na manhã de hoje nós conversamos com o prefeito Dieter Janssen sobre a reunião de amanhã. Ele diz que vai avaliar todos os casos e se algum deles tiver que retornar, ele o fará.

[jwplayer mediaid="65473"]

JOTHA SANTOS /  DIAS GOMES / ROGÉRIO TALLINI

 

Matérias Relacionadas

Geral

Turbidez na água obriga Samae a desligar dois Sistemas Independentes

Os sistemas do Boa Vista e do Molha estão desligados e não há abastecimento de água naquelas regiões
Jaraguá do Sul

SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul

Interessados devem comparecer à agência Sine em Jaraguá do Sul, no piso térreo da Rodoviária
SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul
Geral

Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil

O Grupo Malwee, uma das maiores empresas de moda do país, foi reconhecido pela segunda vez, como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2019.
Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil
Geral

IPVA 2019: parcelamento em três vezes sem juros termina segunda-feira

O IPVA mais caro é do automóvel I/Lamborghini Avent S, com ano de fabricação 2018. O imposto do veículo é de R$ 77.440,68
IPVA 2019: parcelamento em três vezes sem juros termina segunda-feira
Ver mais de Geral