Geral

Fujama vai enviar três cobras corais e 14 ovos para o Instituto Butantan

Uma das cobras que está no aquário da Fujama botou 14 ovos. Conforme o Biólogo, Christian Lempek o fenômeno é raro, pois as condições de umidade e temperatura oferecidas pelo cativeiro não são as ideais para a procriação.

19 Nov 2020 - 12h31Por Janici Demetrio
Fujama vai enviar três cobras corais e 14 ovos para o Instituto Butantan - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O biólogo da Fujama Christian Lempek se surpreendeu na tarde dessa quarta-feira (18) com uma novidade no aquário onde ficam as cobras da fundação. Uma delas – coral verdadeira – botou 14 ovos. Lempek explica que o fenômeno é raro, pois as condições de umidade e temperatura oferecidas pelo cativeiro não são as ideais para a procriação. “Normalmente, na natureza, as cobras colocam ovos em buracos, formigueiros, restos de tronco de árvore, locais mais úmidos e frios. Ficamos surpresos ao ver os ovos dentro do aquário”, relata o biólogo. 

Agora os ovos serão deslocados para uma caixa escura e nas condições ideais de que necessitam, conforme orientação do Instituto Butantan. O instituto já havia entrado em contato com a Fujama para que a fundação enviasse as cobras corais verdadeiras para São Paulo. Agora, além das três corais verdadeiras, irão também 14 possíveis filhotes, que serão cuidados e estudados pelo instituto e também servirão para a produção de soro antiofídico.

Lempek explica que o envio acontecerá provavelmente na semana que vem, pois há várias etapas a cumprir quando se transporta animais como esses. “É necessário atestado de saúde emitido por médico veterinário, o transporte precisa seguir padrões rígidos e precisamos nos deslocar até o aeroporto de Joinville, de onde partirão as cobras. Faremos tudo isso pela ciência e para auxiliar o instituto na produção de soros”, explica o biólogo. 
Curiosidade- Reprodução das cobras, ovos x filhotes

A reprodução das cobras é sexuada, ou seja, é necessário um macho e uma fêmea para que haja a fecundação. Normalmente, na natureza, as cobras adultas se reproduzem uma vez por ano. Cobras como a coral e a dormideira procriam por meio de ovos. Eles ficam em incubação por cerca de dois meses. Só então os filhotes nascem. Já as serpentes como jiboia e jararaca dão à luz diretamente os filhotinhos, que já saem se arrastando, prontos para viver solitariamente.

Matérias Relacionadas

Política

Jaraguá terá manifesto em favor do voto impresso

O movimento é organizado através das redes sociais, usando a hastag "Dia01VaiSerGigante"
Jaraguá terá manifesto em favor do voto impresso
Saúde

Covid-19: Central de Orientação já monitorou mais de 250 mil pessoas

O serviço foi criado especialmente para atender a demanda causada pela pandemia do novo coronavírus
Covid-19: Central de Orientação já monitorou mais de 250 mil pessoas
Geral

Corpo da senhora Alminda Franzner será velado no bairro São Luís

Ela faleceu na madrugada desta quinta-feira (29) aos 87 anos
Corpo da senhora Alminda Franzner será velado no bairro São Luís
Geral

Guaramirim inicia entrega dos cartões SC Mais Renda do Governo do Estado

Entrega simbólica aconteceu na presença do prefeito Luis Antonio Chiodini e do secretário de Estado Claudinei Marques
Guaramirim inicia entrega dos cartões SC Mais Renda do Governo do Estado
Ver mais de Geral