Projeto

Fazenda inspeciona atendimento prestado em 41 Apaes de Santa Catarina

05 Out 2016 - 12h58
Auditores internos da Fazenda estão inspecionado desde segunda-feira, 3, o atendimento prestado por 41 unidades da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Estado. O objetivo é verificar se os alunos estão recebendo o serviço de forma satisfatória.

Alguns critérios estão previstos no acordo de cooperação técnico-pedagógico firmado pelo Governo do Estado com essas entidades, por meio da Fundação Catarinense de Educação Especial. A operação vai até sexta-feira, 7, e conta com o trabalho de 22 auditores internos.

As Apaes recebem recursos estaduais por intermédio de convênios e também por cedência de professores temporários pela FCEE. “Em 2015, o Estado repassou R$ 30 milhões para as Apaes de Santa Catarina. É uma parceria que traz muitos benefícios à sociedade. O foco da auditoria é averiguar in loco como está o atendimento aos usuários”, explica o auditor-geral do Estado, Augusto Piazza. Eventuais recomendações serão encaminhadas para os gestores públicos responsáveis.

Operação Apaes

- 3 a 7 de outubro

- 22 auditores internos, divididos em 11 equipes

- 41 Apaes

- Abrangência estadual

Sobre a Auditoria Cidadã

O projeto lançado neste ano realizou quatro inspeções, além da operação Apaes. São elas: Merenda Escolar, Emergência (link), Meio Ambiente (parques estaduais), Transferências (convênios com entidades sem fins lucrativos).

Objetivos: aferir se a administração pública estadual, e seus parceiros, vem prestando serviços de forma satisfatória e regular e entregando produtos e obras de qualidade à sociedade catarinense.

Quem será beneficiado: o cidadão que usa os serviços do Governo do Estado e, indiretamente, a própria administração pública estadual que, a partir dos relatórios das inspeções, pode promover melhorias em seus serviços e obras.

Resultados esperados: identificar a real percepção dos cidadãos em relação aos serviços, produtos e obras e inibir irregularidades e problemas que possam prejudicar o cidadão e a imagem institucional do Estado.

Matérias Relacionadas

Segurança

Idoso armado com foice ameaça mulheres no Vila Lalau

Idoso armado com foice ameaça mulheres no Vila Lalau
Segurança

Homem esquece chave na ignição e moto desaparece em Jaraguá

O homem chamou a polícia às 4h35 desta terça-feira (7)
Jaraguá do Sul

Médicos alertam para pico da doença e necessidade de medidas de prevenção

Para os profissionais de saúde, aumento de casos é reflexo de atitudes contrárias às recomendações sanitárias
Médicos alertam para pico da doença e necessidade de medidas de prevenção
Política

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19

Resultado do exame realizado ontem saiu nesta terça-feira
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Ver mais de Geral