Unimed - Capa
Estradas

Farol baixo: acidentes diminuem nas estradas catarinenses do primeiro mês da Lei

12 Ago 2016 - 14h15
Após um mês de vigência da nova Lei do farol baixo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já enxerga um cenário positivo nas estradas de Santa Catarina. Comparado ao mesmo período do ano passado – 8 de julho e 8 de agosto –, foram registrados 36% menos acidentes. Até o último levantamento, segundo a polícia, foram 349 ocorrências contra 549 em 2015.

As rodovias do Estado também tiveram queda de 19% no número de feridos e 20% no índice de mortos. Entre os óbitos durante os dias, não houve registro de colisões frontais. Conforme afirmou o relatório da PRF, essa modalidade de acidente é a que mais mata em pistas simples, "tipo de situação em que farol ligado pode fazer a diferença".

Multas
Nos últimos 30 dias, as Polícias Rodoviárias Federais de todo o país multaram 124 mil motoristas por não usarem adequadamente os faróis. No ranking de estados com maior registro de penalidades, Santa Catarina ficou na quinta colocação, com 10.720 registros, somente nas BR's.

Com a nova lei, todos veículos que trafegam nas rodovias federais e estaduaisdevem usar os faróis ligados durante o dia e noite. A multa para quem descumprir a determinação, por enquanto, é de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. A partir de setembro, com o reajuste nos valores, as infrações médias passarão a custar R$ 130,16.

 

Informações são do jornal

Diário Catarinense

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Governadora interina, Daniela Reinehr conclama união da sociedade catarinense

O objetivo, segundo Reinehr, é criar um clima de harmonia para ajudar Santa Catarina a superar o período de instabilidade política
Governadora interina, Daniela Reinehr conclama união da sociedade catarinense
Economia

Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV

Índice atingiu 95,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos
Confiança da construção cresce 3,7 pontos em outubro, diz FGV
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Denúncias de cartão de crédito consignado sem solicitação aumentam no Procon

Aposentados e pensionistas podem registrar reclamação por meio de agendamento no 3275-3237
Ver mais de Geral