Habitação

Famílias do Henrique Heise querem indenização

03 Ago 2011 - 12h39

Moradores dos loteamentos Henrique Heise 2 e 2 que fecharam a rua Francisco Pinheiro para exigir indenização para deixar as cerca de 53 casas interditadas pela Defesa Civil, voltam a se reunir esta semana com os representantes da secretaria de habitação. Andréia Zielsdorf, presidente da UJAM, informa que durante o encontro foi nomeada uma Comissão que irá representar os moradores.

[jwplayer mediaid="90621"]

A secretaria de Habitação, Maristela Menel confirmou à nossa reportagem que foram oferecidas várias alternativas para que as pessoas em áreas de risco deixem o local. Ela descarta a construção de novas moradias para abrigar os moradores. Quanto à indenização, só por determinação judicial.

 

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral