Imobiliária Coralli
família tradicional

Família tradicional perde espaço nos lares dos brasileiros, segundo pesquisa

28 Out 2016 - 10h40
Família tradicional perde espaço nos lares dos brasileiros, segundo pesquisa -

Metade dos lares de consumidores brasileiros já não conta com a composição familiar tradicional, representada por pai, mãe e filhos. Embora essa estrutura esteja presente em 50% das casas, sendo majoritária, outras formações têm crescido no País, como os monoparentais, compostos por pai ou mãe solteiro e filhos, alcançando 21%. Logo depois vem os domicílios de consumidores com casal sem filhos, totalizando 17%, e os consumidores solteiros, com 7%. Esses dados são da pesquisa Consumidor Brasileiro e foram gerados a partir de 1.933 entrevistas online, nas cinco macrorregiões do País, com público das classes A, B e C. O estudo foi realizado pela REDS, empresa da holding HSR Specialist Researchers, em parceria com o CIP (Centro de Inteligência Padrão).

Dentre as regiões estudadas, Norte e Nordeste possuem maior índice de consumidores em famílias tradicionais, com 53% e 51%, respectivamente. O Nordeste ainda divide o maior número de consumidores em lares monoparentais com o Centro–Oeste, somando 23% cada. Já a maior concentração de casais consumidores sem filhos, com 22%, está na região Sul.

“O Centro-Oeste concentra o maior número de lares singles e, por isso, mais incidência de pessoas com curso superior. Pode estar emergindo um novo consumidor nessa região”, ressalta Karina Milaré, diretora da REDS, empresa da holding HSR Specialist Researchers, que capitaneou o estudo Consumidor Brasileiro.


Metodologia – A pesquisa quantitativa Consumidor Brasileiro foi realizada pela REDS, em fevereiro de 2016, com 1.933 entrevistas online, em todas as regiões do País. O universo foi composto por homens e mulheres, entre 15 anos e 70 anos, das classes A, B e C (Critério Brasil), moradores dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, interior do Nordeste e região Norte, além das cidades de Salvador, Brasília, Campo Grande e Cuiabá. O estudo foi ponderado por classe social, sexo e região para reconstituir o perfil da população brasileira.

Matérias Relacionadas

Economia

Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS

A nova possibilidade poderá ser usada em 2021
Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
Economia

Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio

Pesquisa foi feita pela Fundação Getulio Vargas
Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio
Educação

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2018, as matrículas dos calouros representavam 39,8% do total
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Ver mais de Geral