Unimed - Capa
Geral

Exportações de Centro-Oeste e Nordeste cresceram em julho

16 Ago 2012 - 16h31

 

As Regiões Centro-Oeste e Nordeste apresentaram crescimento nas exportações em julho em relação ao mesmo mês do ano passado. As vendas regionais do Centro-Oeste no mês foram de US$ 2,289 bilhões, com aumento de 31,4% sobre os embarques de julho de 2011 (US$ 1,742 bilhão) e participação de 10,90% sobre o total exportado pelo país no período (US$ 21,003 bilhões).


O Centro-Oeste também foi responsável pelo maior superávit entre as regiões brasileiras em julho, com saldo de US$ 1,324 bilhão, e com compras externas de US$ 965 milhões. O estado que mais exportou na região foi Mato Grosso, com vendas mensais de US$ 1,187 bilhão, e Goiás foi o que mais importou no período (US$ 400 milhões).

Na Região Nordeste, houve aumento de 2,42% no comparativo das vendas ao mercado externo em julho deste ano (US$ 1,599 bilhão) com as do ano passado (US$ 1,561 bilhão). As exportações nordestinas representaram 7,61% do total mensal. Em relação às importações, as compras regionais somaram US$ 1,7 bilhão, o que levou a um déficit no mês de US$ 101 milhões. A Bahia foi o estado nordestino que mais exportou em julho (US$ 1,085 milhões) e o maior importador regional (US$ 570 milhões).


Em valores absolutos, a Região Sudeste foi a que mais vendeu ao setor externo (US$ 11,247 bilhões), com retração de 11,05% sobre as exportações de julho de 2011 (US$ 12,644 bilhões) e com participação de 53,55% sobre o total embarcado pelo país. A importação foi também a maior entre as regiões brasileiras em junho e somou US$ 10,049 bilhões. Com isso, o saldo regional ficou positivo em US$ 1,198 bilhão. São Paulo foi o maior exportador da região e do país (US$ 5,338 bilhões) e o estado também foi responsável pelo maior volume de importações na região e no país em junho (US$ 6,101 bilhões).
 
A Região Sul vendeu US$ 4,009 bilhões, com queda de 1,51% sobre o comercializado em julho do ano passado (US$ 4,071 bilhões), e com participação de 19,09% nas exportações brasileiras. A região adquiriu US$ 3,841 bilhões no exterior, o que resultou no superávit mensal de US$ 167 milhões. O Rio Grande do Sul exportou o maior valor entre os estados da região no mês (US$ 1,770 bilhão) e o Paraná foi o maior importador regional em julho (US$ 1,532 bilhão).

Os embarques da Região Norte em julho (US$ 1,538 bilhão) corresponderam a 7,33% do total exportado pelo país e tiveram redução de 19,12% na comparação com o mesmo mês de 2011 (US$ 1,902 bilhão). O Norte importou US$ 1,562 bilhão do mercado externo e o saldo negativo ficou em US$ 23 milhões. O Pará foi o maior exportador regional (US$ 1,277 bilhão) e o Amazonas registrou o maior valor nas importações da região (US$ 1,391 bilhão) em julho.

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Certificação de cópias passa a ser de forma online
Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital
Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Ver mais de Geral