Promoção - MEU PAI É
Geral

Exportações de Centro-Oeste e Nordeste cresceram em julho

16 Ago 2012 - 16h31

 

As Regiões Centro-Oeste e Nordeste apresentaram crescimento nas exportações em julho em relação ao mesmo mês do ano passado. As vendas regionais do Centro-Oeste no mês foram de US$ 2,289 bilhões, com aumento de 31,4% sobre os embarques de julho de 2011 (US$ 1,742 bilhão) e participação de 10,90% sobre o total exportado pelo país no período (US$ 21,003 bilhões).


O Centro-Oeste também foi responsável pelo maior superávit entre as regiões brasileiras em julho, com saldo de US$ 1,324 bilhão, e com compras externas de US$ 965 milhões. O estado que mais exportou na região foi Mato Grosso, com vendas mensais de US$ 1,187 bilhão, e Goiás foi o que mais importou no período (US$ 400 milhões).

Na Região Nordeste, houve aumento de 2,42% no comparativo das vendas ao mercado externo em julho deste ano (US$ 1,599 bilhão) com as do ano passado (US$ 1,561 bilhão). As exportações nordestinas representaram 7,61% do total mensal. Em relação às importações, as compras regionais somaram US$ 1,7 bilhão, o que levou a um déficit no mês de US$ 101 milhões. A Bahia foi o estado nordestino que mais exportou em julho (US$ 1,085 milhões) e o maior importador regional (US$ 570 milhões).


Em valores absolutos, a Região Sudeste foi a que mais vendeu ao setor externo (US$ 11,247 bilhões), com retração de 11,05% sobre as exportações de julho de 2011 (US$ 12,644 bilhões) e com participação de 53,55% sobre o total embarcado pelo país. A importação foi também a maior entre as regiões brasileiras em junho e somou US$ 10,049 bilhões. Com isso, o saldo regional ficou positivo em US$ 1,198 bilhão. São Paulo foi o maior exportador da região e do país (US$ 5,338 bilhões) e o estado também foi responsável pelo maior volume de importações na região e no país em junho (US$ 6,101 bilhões).
 
A Região Sul vendeu US$ 4,009 bilhões, com queda de 1,51% sobre o comercializado em julho do ano passado (US$ 4,071 bilhões), e com participação de 19,09% nas exportações brasileiras. A região adquiriu US$ 3,841 bilhões no exterior, o que resultou no superávit mensal de US$ 167 milhões. O Rio Grande do Sul exportou o maior valor entre os estados da região no mês (US$ 1,770 bilhão) e o Paraná foi o maior importador regional em julho (US$ 1,532 bilhão).

Os embarques da Região Norte em julho (US$ 1,538 bilhão) corresponderam a 7,33% do total exportado pelo país e tiveram redução de 19,12% na comparação com o mesmo mês de 2011 (US$ 1,902 bilhão). O Norte importou US$ 1,562 bilhão do mercado externo e o saldo negativo ficou em US$ 23 milhões. O Pará foi o maior exportador regional (US$ 1,277 bilhão) e o Amazonas registrou o maior valor nas importações da região (US$ 1,391 bilhão) em julho.

Matérias Relacionadas

Trânsito

Procon/SC notifica Autopista Litoral Sul por aumento no preço de pedágio da BR-101

O argumento do órgão foi que a situação econômica de muitos consumidores piorou diante da pandemia
Procon/SC notifica Autopista Litoral Sul por aumento no preço de pedágio da BR-101
Saúde

Pama e cinco UBS continuam com atendimento exclusivo para Covid-19

O último balanço, para o período de 26 a 30 de julho, contou com mais de 1,1 mil atendimentos nos seis equipamentos públicos
Pama e cinco UBS continuam com atendimento exclusivo para Covid-19
Jaraguá do Sul

Novos abrigos para passageiros de ônibus serão instalados no Centro de Jaraguá do Sul

Modelos antigos já começaram a ser retirados. Equipamentos terão estrutura metálica em aço galvanizado. Alguns serão equipados com iluminação interna de LED e outros com painel digital
Novos abrigos para passageiros de ônibus serão instalados no Centro de Jaraguá do Sul
Economia

Estado de SC registra aumento na arrecadação de julho

O ICMS, principal tributo estadual, teve aumento de 9%, finalizando o mês com R$ 1,8 bilhão, R$ 200 milhões a mais que o mesmo período em 2019
Estado de SC registra aumento na arrecadação de julho
Ver mais de Geral