Imobiliária Coralli
Geral

Exame em tripulante de navio morta revela vírus influenza B, diz hospital

20 Fev 2012 - 20h05

O Hospital Ana Costa, em Santos, informou na tarde desta segunda-feira (20) que o resultado preliminar do exame da secreção respiratória realizado na garçonete Fabiana dos Santos Pasquarelli, tripulante do navio MSC Armonia, morta na sexta-feira (17), teve como isolado o vírus influenza B. Nesta segunda-feira tiveram alta os últimos quatro dos dez pacientes internados no mesmo hospital desde sábado com problemas respiratórios.

"Trata-se de um vírus de menor impacto para causar pandemias e, portanto, gostaríamos de salientar que a população deva sentir-se tranquila, pois o risco de contágio por este vírus fica circunscrito a um espaço físico restrito. À exceção de Fabiana, cuja causa do óbito será elucidada em um exame necrológico ainda em elaboração, todos os demais pacientes atendidos tiveram uma evolução favorável", informou a equipe médica do hospital.

A assessoria do hospital aguardará resultado dos exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz para saber a causa da morte da funcionária e dos sintomas dos passageiros.  O hospital pediu ao Instituto Adolfo Lutz exames que podem confirmar que doença atingiu os internados e a tripulante que morreu.


Veja a íntegra da nota
"Considerando a grande repercussão e preocupação desencadeada pelo surto de doença respiratória aguda envolvendo passageiros e tripulantes do navio de cruzeiro, atendidos no Hospital Ana Costa de Santos, comunicamos que o resultado preliminar do exame da secreção respiratória realizado na paciente Fabiana dos Santos Pasquarelli, que faleceu, teve como isolado o vírus influenza B. Trata-se de um vírus de menor impacto para causar pandemias e, portanto, gostaríamos de salientar que a população deva sentir-se tranquila, pois o risco de contágio por este vírus fica circunscrito a um espaço físico restrito. À exceção de Fabiana, cuja causa do óbito será elucidada em um exame necrológico ainda em elaboração, todos os demais pacientes atendidos tiveram uma evolução favorável.

Agradecemos o empenho de todos os técnicos envolvidos na diagnose, contenção e terapia dos casos e agradecemos, em especial, ao empenho da equipe do Ministério da Saúde que, por meio da assessoria direta do Ministro Alexandre Padilha, atuou de forma decisiva para que o processo de diagnose fosse acelerado.

Salientamos que os laudos definitivos e todas as demais medidas cabíveis em uma situação como essa serão conduzidas pelas autoridades sanitárias e pelo Ministério da Saúde e que o Hospital Ana Costa permanece atendo e à disposição para atendimento de seus clientes e outros esclarecimentos que se façam necessários.

Dr. José Luiz Boechat Paione
Diretor Técnico do Hospital Ana Costa

Dr. Evaldo Stanislau Affonso de Araújo
Chefe do Serviço de Infectologia
e do CCIH do Hospital Ana Costa
"


Vistoria
Técnicos da Anvisa entraram no MSC Armonia logo após o navio atracar no Porto de Santos, por volta das 5h da manhã de sábado. Os passageiros só foram liberados para o desembarque por volta das 11h. A MSC ressaltou ao G1 que foi um procedimento de rotina e que a embarcação foi liberada em seguida (leia mais abaixo).

Outro lado
A assessoria de imprensa da MSC informou que, no momento do desembarque no sábado, devido à presença da imprensa, havia muitos boatos sobre a causa da morte de Fabiana, o que deixou os passageiros preocupados. A empresa ressalta que a atuação da Anvisa na embarcação foi de rotina para situações em que há sintomas de gripe ou de qualquer doença.

A empresa informou que não havia motivo para preocupação porque toda os passageiros a bordo do cruzeiro não tiveram contato com a tripulante que morreu. Segundo a MSC, a Anvisa, após vistoria, liberou sem problemas a embarcação e um novo cruzeiro, com outros 2 mil passageiros, partiu para Argentina no mesmo dia sem nenhum problema.

A MSC também diz ter prestado "total apoio" aos tripulantes que desembarcaram com sintomas de gripe ou pneumonia na quarta-feira e no sábado e negou descaso com a tripulação sobre caso. "Eles receberam total apoio da empresa, são funcionários, e estamos dentro de todos os protocolos de segurança internacional para cruzeiros. Acompanhamos a tripulação no atendimento", disse a assessoria.

Desde sábado (18), o G1 tenta contato com a Anvisa, mas não conseguiu até a atualização desta reportagem.

Veja a íntegra da nota da MSC sobre a morte:
"A tripulante Fabiana dos Santos foi internada na última quarta feita com tosse e febre, com diagnóstico inicial de pneumonia. O quadro se agravou e a tripulante veio a falecer na última madrugada.  A MSC Cruzeiros lamenta o ocorrido e está prestando toda a assistência aos familiares e amigos. A empresa está acompanhando o trabalho das autoridades e aguarda os laudos definitivos. A companhia reforça ainda que a Anvisa inspecionou o navio e o desembarque está ocorrendo normalmente. Assim que terminar esse procedimento, será iniciado o embarque para o próximo cruzeiro."

GLOBO.COM

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá do Sul registra 39ª morte em decorrência do coronavírus

Nas últimas 48 horas foram 34 novos casos e 31 pessoas recuperadas
Jaraguá do Sul registra 39ª morte em decorrência do coronavírus
Santa Catarina

TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020

Até o meio-dia desta segunda-feira (28), haviam 21.422 pedidos de registro de candidaturas no estado, o que representa um aumento de 21,45% em comparação com as eleições municipais de 2016
TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020
Geral

Em parceria com entidades da região, ACIJS lança campanha de combate à violência doméstica

O conceito foi desenvolvido para mobilizar a comunidade em prol do assunto, dando um basta nos casos de agressão física e psicológica que aumentaram neste período de pandemia
Em parceria com entidades da região, ACIJS lança campanha de combate à violência doméstica
Economia

União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa

Programa integra pacote de auxílio durante pandemia da covid-19
União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa
Ver mais de Geral