Dia internacional das Mulheres
GERAL

Ex-ministra relaciona suspeitos por morte de Marielle com família Bolsonaro

08 Mar 2019 - 14h52Por Daniel Weterman

A ex-ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres dos governos Dilma Rousseff, Eleonora Menicucci, relacionou os suspeitos pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) com a família do presidente Jair Bolsonaro. No próximo dia 14 de março, o caso completa um ano.

"Ninguém foi preso, embora até as pedras da calçada do Rio de Janeiro saibam que os assassinos são milicianos com suspeita de proximidade com essa gente que está no poder", disse a ex-ministra ao representar a ex-presidente Dilma no recebimento do Prêmio Beth Lobo de Direitos Humanos de Mulheres, na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Ao Broadcast Político, a ex-ministra negou que estivesse defendendo uma investigação da família Bolsonaro. "Eu só quero que apresentem os executores da Marielle Franco. Não sou eu, é a grande imprensa que já disse onde eles estão", afirmou.

Em dezembro, o jornal O Estado de S.Paulo revelou que, conforme as investigações, a vereadora foi morta porque milicianos acreditaram que ela podia atrapalhar os negócios ligados à grilagem de terras na zona oeste do Rio. Além disso, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) já homenageou e empregou pessoas ligadas a milicianos investigados no assassinato.

Damares

A ex-ministra petista criticou a atual titular da Pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, por sua atuação no cargo. "Ela não mostrou a que veio ainda. Ela só mostrou o lado dela de pastora, que eu tenho todo o respeito. Mas eu quero saber, como ministra de Estado, que eu fui, o que ela veio fazer ali, qual é o projeto dela", disse Eleonora. Ela classificou o governo de Jair Bolsonaro como uma "catástrofe", mas evitou levantar a bandeira em defesa de um impeachment do presidente. "Ele infelizmente foi eleito", finalizou.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

SC 108 será duplicada  

Processo licitatório para a obra será lançado até junho deste ano  
SC 108 será duplicada  
Geral

Bazar beneficente Amoração é transferido para a próxima semana

O bazar traz novidades de roupas, calçados, acessórios, brinquedos e utensílios domésticos, com preços a partir de R$ 2.
Bazar beneficente Amoração é transferido para a próxima semana
Geral

Presidente e diretor de Inovação da CDL falam sobre aplicativo da entidade

Aplicativo CDL Box vai trazer benefícios para lojistas e consumidores
Presidente e diretor de Inovação da CDL falam sobre aplicativo da entidade
Geral

Abertas as inscrições para processo seletivo de recenseador do IBGE

A remuneração do profissional vai depender da produtividade, mas pode chegar a R$ 2656,00. São 161 as vagas disponíveis para Jaraguá do Sul
Abertas as inscrições para processo seletivo de recenseador do IBGE
Ver mais de Geral