Caraguá
escolas estaduais

Escolas estaduais da região terão plano diretor em parceria com universidade

12 Abr 2017 - 11h44
Escolas estaduais da região terão plano diretor em parceria com universidade -

 O Termo de Parceria foi assinado na tarde desta terça-feira, 11, no auditório da universidade.

A parceria prevê que alunos dos cursos de engenharia elétrica e civil, com a participação de um professor do curso de arquitetura, elaborem projetos de melhorias e ampliação das unidades. Estes estudantes fazem parte do Projeto Comunitário da universidade. A coordenadora do setor de Extensão Comunitária, Diva Spezia Ranghetti, falou sobre o Projeto Comunitário. “Este projeto mostra também que existe o lado humanitário, não só técnico. Por meio dele, esperamos ter profissionais que cumpram com sua função social.”


A professora Carine Santos, que faz parte da comissão organizadora da proposta de adequação civil das escolas, explicou como deve funcionar o cronograma. “Deve ser feito primeiro o levantamento das necessidades em cada unidade escolar, depois o levantamento das necessidades de melhorias junto às escolas, propor remodelamento, estimar o quantitativo de materiais, estimar o custo de materiais e estimar o custo global dos serviços de engenharia”, explicou.

Cada participante irá relatar as atividades desenvolvidas, que, segundo o projeto, “é a oportunidade de possibilitar aos acadêmicos dos cursos de Engenharias Civil e Elétrica a aplicação dos conhecimentos em áreas de atuação destes profissionais, tendo em vista a integração dos conhecimentos adquiridos em sala de aula.”

Para execução do projeto será composta uma equipe com seis pessoas, sendo um docente da área de engenharia civil, um docente da área de engenharia elétrica, um docente da área de arquitetura e urbanismo, dois acadêmicos da área de engenharia civil e um acadêmico da área de engenharia elétrica. A carga horária para o desenvolvimento do projeto, em cada escola está estimada em 26 horas.


A vice-reitora e pró-reitora acadêmica, Anadir Vendruscolo, observou a importância do projeto para todos. “Este momento é importante para as escolas e para a aprendizagem dos acadêmicos, que passarão a conhecer melhor a realidade da educação pública estadual”, frisou.

O secretário executivo da ADR de Jaraguá do Sul, Leonel Pradi Floriani, afirmou não ter dúvidas de que a parceria com a universidade foi a melhor opção. “Temos uma equipe reduzida e não temos como atender a demanda, então não tive dúvidas sobre a parceria.”

Os acadêmicos interessados devem realizar sua inscrição para o Projeto de Extensão proposto, no setor de Extensão Comunitária. Os acadêmicos receberão orientações para a realização da inscrição, assim como os representantes das escolas também receberão orientações para acompanhar os acadêmicos durante o procedimento de levantamento da infraestrutura.

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá liberada vacinação contra a covid para adolescentes de 15 anos

A imunização continua para o grupo prioritário de 12 a 17.
Jaraguá liberada vacinação contra a covid para adolescentes de 15 anos
Geral

Plantio de árvores marca os 60 anos da WEG

Ação contou com a participação de familiares dos fundadores da WEG e do Presidente da Companhia, Harry Schmelzer Jr.
Plantio de árvores marca os 60 anos da WEG
Variedades

Grife inspiração: 15 músicas que mencionam marcas de roupas

Com que roupa eu vou pro samba que você me convidou? Não precisa observar muito para perceber que a moda e a música estão sempre ligadas e vamos te provar.
Geral

AMA de Jaraguá do Sul completa 30 anos

Entidade promove ao longo desse mês o pedágio digital. Saiba como contribuir
AMA de Jaraguá do Sul completa 30 anos
Ver mais de Geral