Eleições 2020
escola Vitor Meirelles

Escola Vitor Meirelles completa 80 anos

08 Set 2016 - 13h26
Escola Vitor Meirelles completa 80 anos -

Para marcar a data, acontece às 14h desta sexta um Desfile Comemorativo em frente a escolas, com a participação de estudantes, Policiais Militares, Bombeiros Voluntários e a Banda Marcial de Jaraguá do Sul. O desfile contará com exposição de trabalhos desenvolvidos durante os 80 anos da escola e apresentação das obras de Vitor Meirellles, pintor catarinense.

Por conta do evento, a rua Domingos Anacleto Garcia ficará interditada entre as 14h e as 15h de sexta-feira, entre a rua José Vicenzi até o Ginásio da Escola.

História

A história da E.M.E.B. “Vítor Meirelles” situada no bairro Três Rios do Norte, iniciou em 1936. Nesta época, uma área de terra de 2500m² foi doada, por Rosa Lázzaris, para a construção da escola. No mesmo ano, foram iniciadas as primeiras reuniões para a construção do prédio, tendo como idealizador o senhor Rodolfo Marchi.

Multivacinação


No ano de 1937, a escola funcionou junto a um rancho cedido pelo Sr. José Pinheiro, no qual fabricavam farinha. Os primeiros professores foram Alberto Tomelin (ex-religioso marista) e José Floriani. Ambos atuavam, na comunidade, por preferência.

Os trabalhos de construção do prédio tiveram início e término no ano de 1938, tendo como carpinteiros os senhores Alfredo Bekendorf, Alfonso Strücker, Henrique Reiner, Carlos Bekendorf, pedreiro o senhor Vergílio Lázzaris e ajudantes de pedreiro os senhores Alfredo Gütz, Érico Gütz, Adolfo Gütz, Francisco Lux, Alex Lafin, Domingos Anacleto Garcia, Sizino Garcia, João Garcia, Constante Anversi.

Em 1938, atuou como professor o Sr. Vitório Floriani, também ex-religioso Marista. No ano de 1939, o terreno e a obra foram cedidos à Prefeitura Municipal, que daí em diante, assumiu a manutenção da escola, através da Portaria nº 40 de 06/06/1939 que alterou a denominação da escola para Vítor Meirelles, sendo o Sr. Leônidas Cabral Herbster, o prefeito na época.

Em 2 de fevereiro de 1939 a professora Alice Silveira assumiu a escola. Mais tarde, Alice Murara assumiu, atuando até junho de 1944, quando passou a atuar, a professora regente de Ensino Primário, Paulina Nascimento.

Em 1952, a escola passou por reforma e ampliação com finalidade de servir também, como moradia da professora Paulina e família. Em 1957, através do Decreto nº 03/57 da Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul, a escola municipal Vítor Meirelles é desdobrada assumindo como professor auxiliar o Sr. Dolcídio Menel (da comunidade), que mais tarde foi substituído pelo professor Francisco Solamon.

A senhora Paulina Nascimento Lázzaris atuou como regente de ensino até 1966, quando se afastou para atuar como professora junto à escola estadual Rio da Luz I, onde se aposentou em maio de 1968.

Com a saída da senhora Paulina em 1966, assumiu a escola Vítor Meirelles, a professora Elvira Zapelini Aldrovandi, que se aposentou em 15/12/1988. Mais tarde, com a saída do senhor Francisco Solamon, assumiu a professora Maria Terezinha Garcia, residente na comunidade.

O patrono da escola é Vítor Meirelles, um pintor brasileiro que nasceu em Desterro (hoje Florianópolis), Santa Catarina, em 1832 e morreu, em 1903.


Foi um dos dois grandes pintores voltados para o registro dos eventos marcantes da história oficial do Brasil. Estudou pintura no Rio de Janeiro e, depois, em Florença, Roma e Paris.

Para pintar a Primeira Missa no Brasil, o pintor apoiou-se no conteúdo da carta de Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal. Uma das preocupações foi enaltecer a convivência supostamente pacífica entre brancos e índios.

A bandeira da escola possui as seguintes partes com os respectivos significados:

• O nome da escola contornando o círculo amarelo significa a interminável caminhada escolar para o aperfeiçoamento pessoal.

• A flâmula vermelha com o nome do patrono (Vítor Meirelles) significa o destaque ao grande mérito desse pintor catarinense.

• As três estrelas azuis significam os três rios que perpassam o bairro (daí o nome do bairro Três Rios do Norte).

• O círculo amarelo significa o valor da escola na nossa vida e a busca constante do conhecimento para crescermos como cidadãos do mundo.

• As letras pretas no centro do círculo amarelo significam as letras iniciais do nome

do patrono da escola: Vítor Meirelles.

• O número 1936 representa o ano de fundação da escola.

Matérias Relacionadas

Educação

Confirmado o retorno das aulas presenciais em Jaraguá a partir do dia 28

O retorno às unidades de ensino não será de forma total, atendendo aos protocolos do Plano de Contingência. Cada rede irá entrar em contato com os pais, detalhando como irá ocorrer a retomada
Confirmado o retorno das aulas presenciais em Jaraguá a partir do dia 28
Guaramirim

Guaramirim confirma mais duas mortes por Covid-19

Com os novos registros, chega a 20 o número de óbitos pela doença na cidade, desde o início da pandemia
Guaramirim confirma mais duas mortes por Covid-19
Jaraguá do Sul

Nova classificação de risco reduz medidas sanitárias

Os cuidados devem ser mantidos para evitar que a região volte para a situação grave
Nova classificação de risco reduz medidas sanitárias
Saúde

Coronavírus em SC: Saúde divulga atualização do Mapa da Matriz de Risco Potencial

Nenhuma região se encontra no nível Gravíssimo
Coronavírus em SC: Saúde divulga atualização do Mapa da Matriz de Risco Potencial
Ver mais de Geral