Imobiliária Coralli
Enem

Enem 2016 termina com 30% de abstenção,

07 Nov 2016 - 10h44
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 termina com um índice de 30% de abstenção de candidatos, a porcentagem é a maior desde 2009. Do total de aproximadamente 8,4 milhões que poderiam fazer o exame neste final de semana, 5,8 milhões compareceram às provas. No ano passado, as abstenções foram de 27,6%, de acordo com balanço geral divulgado hoje (6) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo a secretária Executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro, a variação em relação a anos anteriores foi mínima e a pasta considera que as abstenções se mantiveram constantes.

Do total de mais de 8,6 milhões de candidatos inscritos no exame, 271.033 tiveram as provas adiadas para os dias 3 e 4 de dezembro, em função das ocupações das escolas por todo o país. Segundo o Inep, dos 8.356.215 candidatos que poderiam fazer a prova neste final de semana, 5.848.619 fizeram o exame. O Amazonas foi o estado com a maior porcentagem de abstenções, 37,4% dos inscritos. Já o Piauí teve a menor taxa de abstenção, com 22,7%.

O ministro da Educação estima que o adiamento das provas para parte dos candidatos deverá custar cerca de R$ 15 milhões. O Inep vai reciclar as provas que foram impressas e não foram aplicadas neste final de semana e usará o material para a confecção da nova leva de exames.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Geral

Prorrogado o prazo para solicitar a renda emergencial pela Lei Aldir Blanc

A solicitação deve ser feita por meio da plataforma MapaCulturalSC. Antes de fazer a inscrição será necessário fazer o cadastro na mesma plataforma.
Prorrogado o prazo para solicitar a renda emergencial pela Lei Aldir Blanc
Geral

Homem morre após ser atingido por árvore em Massaranduba

O acidente ocorreu na estrada Picinini, bairro Primeiro Braço do Norte.
Homem morre após ser atingido por árvore em Massaranduba
Economia

ACIJS debate, em evento online, a Indústria 4.0 como fator de competitividade para vencer a crise

Um dos efeitos da crise gerada pela Covid-19 no setor produtivo, mas refletindo no mercado como um todo, é a transformação digital em diversos segmentos da economia
ACIJS debate, em evento online, a Indústria 4.0 como fator de competitividade para vencer a crise
Santa Catarina

Acompanhe o processo do segundo impeachment contra o governador

Acompanhe o processo do segundo impeachment contra o governador
Ver mais de Geral