Geral

Empreendedores preferem não comentar autorização para funcionamento de crematório

14 Dez 2012 - 11h23

A direção da empresa Leier preferiu não se pronunciar sobre a sanção da prefeita Cecília Konell a Lei Municipal nº 6546/2012, aprovada pela Câmara de Vereadores, que institui a prática de cremação de cadáveres e incineração de restos mortais no município. A autorização para o funcionamento foi dada ontem pela manhã, quando a prefeita assinou a lei. A empresa espera agora o alvará de funcionamento para se pronunciar sobre o início das atividades. O Crematório Catarinense está localizado na BR 280, em Nereu Ramos, e foi construído há dois anos. É possível que o alvará de funcionamento com a devida regulamentação do projeto de lei fiquem para a futura administração municipal. A licença ambiental do crematório foi emitida pela Fatma. A lei sancionada ontem prevê a prestação gratuita de serviços, mediante autorização ou solicitação do poder público, para doadores comprovados de órgãos; indigentes e carentes.

(ROGÉRIO TALLINI)

Matérias Relacionadas

Saúde

Em reunião com secretário da Saúde e parlamentares, ministro da Saúde se compromete com 240 monitores para leitos de UTI

O encontro desta segunda-feira (13) também teve a participação de representantes dos hospitais filantrópicos, das secretarias municipais da saúde e da Federação Catarinense de Municípios (Fecam)
Em reunião com secretário da Saúde e parlamentares, ministro da Saúde se compromete com 240 monitores para leitos de UTI
Esportes

Campeonato Catarinense continua suspenso por 14 dias

secretário adjunto da Saúde, Aldo Baptista Neto, participou da conferência e ouviu as demandas dos clubes
Campeonato Catarinense continua suspenso por 14 dias
Jaraguá do Sul

[VÍDEO] Jaraguá do Sul registra 539 casos confirmados de coronavírus

Na tarde desta segunda-feira (13), o repórter Sérgio Luiz acompanhou o momento em que os profissionais do SAMU saíram para atender a uma criança de 7 anos que está com a doença
[VÍDEO] Jaraguá do Sul registra 539 casos confirmados de coronavírus
Geral

Ciclone causou prejuízo de quase R$ 13 milhões para a agricultura

Os bananicultores foram os mais atingidos
Ciclone causou prejuízo de quase R$ 13 milhões para a agricultura
Ver mais de Geral