transito
Geral

Embraer vende jatos na China e montará Legacy no país

12 Abr 2011 - 11h33

A Embraer anunciou nesta terça-feira novos acordos para venda de 20 aviões às companhias chinesas CDB Leasing e Hebei Airlines. Incluindo opções de compra e pedido recente anterior, as encomendas obtidas pela empresa no país somam 35 unidades do jato modelo 190.


A fabricante brasileira informou ainda que fechou acordo para construir uma linha de produção do jato executivo Legacy 600/650 na China, aproveitando recursos de joint-venture da empresa no país.

A unidade fabril chinesa --uma parceria da Embraer com a estatal China Aviation Industry Corporation II (AVIC) criada no fim de 2002-- estava ameaçada por abrigar apenas a linha de montagem do ERJ-145, jato de 50 assentos com demanda cadente.

A Embraer entregaria neste mês o último ERJ-145 na China de sua carteira de pedidos, o que deixaria a fábrica ociosa a partir de então, ameaçando seu fechamento.

Inicialmente, a Embraer pretendia instalar na China uma linha de montagem para seu modelo Embraer 190, de 100 passageiros, mas a ideia enfrentava resistência do governo chinês, que está desenvolvendo um avião regional similar.

"Nas próximas semanas, as empresas finalizarão os detalhes deste projeto e a formalização da documentação necessária", afirmou a Embraer em comunicado.

Dos pedidos de jatos 190, 10 são da Hebei Airlines e a primeira entrega está programada para setembro de 2012. A empresa chinesa também acertou direitos de compra de mais cinco unidades.


Além dos aviões para a Hebei, a Embraer fez acordo com a CDB Leasing (CLC) para um segundo pedido de 10 jatos 190, depois que a empresa fez uma primeira encomenda de 10 unidades no início do ano. Além deste segundo pedido, a CDB Leasing assinou carta de intenção para um terceiro lote de 10 aviões modelo 190.

Se a carta for confirmada, o pedido total feito pela CLC será de 30 aviões, numa encomenda de US$ 1,25 bilhão a preços de tabela dos aparelhos, informa a Embraer.

Segundo a fabricante brasileira, todos os aviões encomendados pela CLC serão operados pela China Southern Airlines, a maior companhia aérea do país e a terceira do mundo. A empresa aérea comeca a receber os aviões no segundo semestre deste ano.

Os acordos da Embraer foram anunciados em meio à delegação brasileira que acompanha a viagem de cinco dias da presidente Dilma Rousseff à China.

Fonte: Folha SP

Matérias Relacionadas

Geral

Prefeitura de Jaraguá do Sul alerta para tentativa de golpe em nome da Secretaria da Fazenda

Empresa recebeu via aplicativo de mensagens um boleto de cobrança de taxa municipal. A Prefeitura não utiliza esta forma de contato para cobranças
Prefeitura de Jaraguá do Sul alerta para tentativa de golpe em nome da Secretaria da Fazenda
Saúde

Coqueluche volta a preocupar o mundo

Número de casos aumenta no Brasil e em 17 países europeus
Coqueluche volta a preocupar o mundo
Geral

Orquestra Filarmônica SCAR apresenta concerto "Retratos" com participação de Cármelo de los Santos

O concerto acontece neste sábado (22), às 20 horas, no Grande Teatro da SCAR. Os ingressos são gratuitos e podem ser adquiridos no site da TicketCenter ou na bilheteria do Centro Cultural
Orquestra Filarmônica SCAR apresenta concerto "Retratos" com participação de Cármelo de los Santos
Geral

Instalados os pontilhões de concreto no Morro das Antenas

Foram colocadas estruturas de concreto que oferecem mais segurança para quem transita pelo local
Instalados os pontilhões de concreto no Morro das Antenas
Ver mais de Geral