Processo

Em processo inédito, ONU escolhe próximo secretário-geral

28 Set 2016 - 11h39
Pela primeira vez na história, este ano o processo de sucessão do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) mudou, tornando-se mais transparente. No passado, a eleição para a escolha do sucessor ocorria de forma reservada. Desta vez, os candidatos foram a audiências públicas, transmitidas ao vivo pelo site das Nações Unidas. Este novo modelo, com entrevistas aos pretendentes ao cargo, visa a dar mais transparência à eleição, que definirá o sucessor do sul-coreano Ban Ki-moon.

Ao longo de sete décadas, o processo de seleção foi mantido a portas fechadas, com a escolha feita pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança: Estados Unidos, Reino Unido, Rússia, França e China.

De acordo com o Artigo 97 da Carta das Nações Unidas, “o secretário-geral deve ser nomeado pela Assembleia Geral, mediante recomendação do Conselho de Segurança”. A decisão requer pelo menos nove votos a favor, incluindo os dos cinco membros permanentes que têm poder de veto.

Até o momento, já foram feitas cinco rodadas de votação secreta, onde os membros do Conselho de Segurança (os cinco permanentes e os outros dez) votaram em cada um dos candidatos, apoiando, discordando ou abstendo-se.

Assim que um candidato reunir nove votos entre os 15 países-membros e a aprovação de todos os membros permanentes, o conselho recomendará o seu nome para aprovação pela Assembleia Geral da ONU, que reúne representantes de 193 países.

 

As informações são da

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Geral

Junho registra mais de 653 mil pedidos de seguro-desemprego

Resultado representa queda de 32% na comparação com maio
Junho registra mais de 653 mil pedidos de seguro-desemprego
Geral

Cientistas criam filtro de ar capaz de destruir Covid em 99%

O filtro, criado por pesquisadores da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, é um tecido feito da espuma de níquel aquecida a 200°C por eletricidade
Cientistas criam filtro de ar capaz de destruir Covid em 99%
Jaraguá do Sul

APAE completa 47 anos em Jaraguá do Sul com o desafio de continuar sendo referência

Por causa do isolamento social a comemoração desse momento importante, será apenas através de postagens nas redes sociais pela internet e em grupos de aplicativos com familiares e usuários
APAE completa 47 anos em Jaraguá do Sul com o desafio de continuar sendo referência
Geral

Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia

Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia
Ver mais de Geral