Unimed - Capa
Saúde

Duas pessoas estão internadas com suspeitas de H1N1

01 Fev 2012 - 13h31

Duas pessoas estão internadas no Hospital e Maternidade São José, em Jaraguá do Sul, com suspeitas de terem contraído o vírus da gripe suína, ou H1N1. Os pacientes são uma mulher gestante de 28 anos, que está na UTI e um homem que está em isolamento num quarto. Os exames que comprovam a presença do vírus ainda não foram concluídos. No caso da mulher, o material foi coletado nesta semana e enviado ao Laboratório Central de Santa Catarina, em Florianópolis, que deve emitir o laudo nas próximas horas. No caso do homem, a coleta aconteceu no começo da noite de ontem e o material está sendo enviado nesta manhã para Florianópolis, por intermédio da Gerência Regional de Saúde. A enfermeira da Regional, Maricéia Xavier, disse que a mulher procurou um médico pneumologista e recebeu tratamento. O quadro se agravou e ela procurou o pronto socorro do hospital por mais duas vezes. Foi quando internou em estado mais grave e com os sintomas da doença. De acordo com a enfermeira, fica mais difícil constatar a presença do H1N1, porque se passaram mais de sete dias do início dos sintomas. Familiares dos dois pacientes e pessoas que tiveram contato com os mesmos estão sendo monitorados. Uma diferença apresentada por estes dois pacientes em relação àqueles que tiveram H1N1 quando da pandemia que atingiu a região em 2009, é a ausência da febre alta.


A Gerência Regional da Saúde alerta a população para que retome os cuidados com a higiene, como era quando da pandemia de três anos atrás, ou seja, lavando as mãos com frequência, e, se possível com álcool, quando tossir que seja no antebraço e não na mão, usar lenço de papel e evitar aglomerações e manter os locais arejados.

São consideradas suspeitas de estar com o vírus H1N1 as pessoas que apresentam um conjunto de sintomas chamado síndrome respiratória aguda grave, que são febre alta (acima de 38ºC), tosse persistente e falta de ar.

Matérias Relacionadas

Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Geral

Expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, aponta IBGE

Segundo o relatório, mulheres vivem em média 6,5 anos a mais que os homens
Expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, aponta IBGE
Ver mais de Geral