GERAL

Doria anuncia indenização a vítimas de massacre em escola em Suzano

14 Mar 2019 - 13h38Por Daniel Weterman

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o Estado vai pagar uma indenização às famílias das sete vítimas do ataque a uma escola de Suzano, onde duas funcionárias e cinco estudantes foram assassinatos na manhã de quarta-feira, 13. O decreto com a medida será publicado nesta sexta-feira, 15, no Diário Oficial do Estado, disse o tucano.

A indenização será em torno de R$ 100 mil por vítima, mas o valor ainda está sendo definido, pago em prazo de 30 dias. Ao falar sobre o assunto, o governador paulista afastou a discussão sobre a flexibilização de armamento do ataque na escola. "Fazer o debate sobre o tema de posse e porte diante de uma situação traumática, trágica, como essa não acredito que seja o melhor momento", disse o governador, ressaltando que a discussão sobre o tema precisa ser intensificada.

Doria ressaltou que a indenização é uma atitude do governo e não depende de ações judiciais. "Não há necessidade disso (de judicialização)", comentou. O pagamento será acertado com as famílias por meio da prefeitura de Suzano.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março

Medida terá validade por 15 dias
Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março
Saúde

Com mais um registro, chega a 127 o número de mortes por covid-19 em Jaraguá

A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para a covid-19 segue em 100% na enfermaria e UTI adulto. Pelo menos 1.088 pessoas seguem em tratamento no município. 
Com mais um registro, chega a 127 o número de mortes por covid-19 em Jaraguá
Geral

SC tem previsão de chuva intensa no fim de semana

Alerta segue especialmente de Laguna a Itapoá, médio e baixo Vale do Itajaí
SC tem previsão de chuva intensa no fim de semana
Geral

Igrejas devem suspender missas e atividades presenciais, conforme Decreto Estadual

Neste momento, a Diocese de Joinville incentiva as igrejas católicas a continuar com as transmissões das Santas Missas pelas redes sociais
Igrejas devem suspender missas e atividades presenciais, conforme Decreto Estadual
Ver mais de Geral