Dia internacional das Mulheres
GERAL

Dois pichadores são condenados pela morte de dentista em 2016

23 Mar 2019 - 11h30Por Pedro Prata

Dois pichadores foram condenados na noite dessa sexta-feira, 22, por participar da morte de um dentista e a tentativa de homicídio de seu pai em 2016, em São Paulo. Adolfo Gabriel de Souza e Adilson Nascimento dos Santos, julgado à revelia por estar foragido, vão responder pelos crimes de homicídio consumado e tentativa de homicídio triplamente qualificados, além de pichação e associação criminosa.

Adolfo de Souza foi condenado a 26 anos de reclusão no regime inicial fechado, mais três meses de detenção no regime semiaberto. Já Adilson dos Santos cumprirá 43 anos, um mês e 20 dias de reclusão no regime inicial fechado, mais quatro meses e dois dias de detenção no regime semiaberto.

Tanto o homicídio quanto a tentativa de homicídio foram triplamente qualificados por motivo fútil, meio cruel e utilização de recurso que dificultou a defesa das vítimas.

A decisão foi tomada pelo 5º Tribunal do Júri do Fórum Criminal da Barra Funda. Os réus não poderão recorrer da sentença em liberdade.

O crime

Na madrugada do dia 6 de agosto de 2016, o aposentado Manoel da Silva se envolveu numa briga com um grupo de pessoas que pichavam o muro de sua casa, do qual Souza e Santos faziam parte. Ele foi espancado e acabou tendo um braço amputado. Seu filho, o dentista Welinton da Silva, então com 39 anos, saiu em defesa do pai e acabou morto.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Educação

Movimento SC pela Educação apresenta plataforma com foco na qualificação, emprego e geração de renda

A apresentação a gestores na área da educação e de recursos humanos, além da presença de executivos de empresas na região da AMVALI, objetiva ampliar o alcance da ferramenta
Saúde

PEV de Jaraguá terá atendimento suspenso neste sábado 

Medida atende determinação do Governo do Estado que suspendeu o funcionamento de serviços não essenciais no fim de semana
PEV de Jaraguá terá atendimento suspenso neste sábado 
Geral

WEG e Renault se unem para projeto de mobilidade elétrica em Fernando de Noronha

Parceria entre as companhias vai contribuir para a diminuição de dióxido de carbono na ilha
WEG e Renault se unem para projeto de mobilidade elétrica em Fernando de Noronha
Política

Vereador sugere proibir cortes de água aos fins de semana em Jaraguá 

A intenção é que o Executivo envie o projeto à Câmara para que os vereadores aprovem a medida, já que o entendimento é que a matéria é de competência exclusiva do Executivo
Vereador sugere proibir cortes de água aos fins de semana em Jaraguá 
Ver mais de Geral