Eleições 2020
Eleições

Dois candidatos e sete eleitores são detidos por boca de urna

03 Out 2016 - 09h43
Dois candidatos e sete eleitores são detidos por boca de urna -
Em 12 ocorrências foi necessária a aplicação da Lei Eleitoral, uma em Guaramirim e 11 em Jaraguá do Sul. Estas ocorrências resultaram na detenção de dois candidatos a vereador – um na Barra do Rio Cerro e outro no bairro Czerniewicz – ambos no período da tarde, e sete eleitores também foram levados ao fórum. Todos flagrados cometendo por boca de urna.

Também foram apreendidos dois veículos e guinchados até o cartório eleitoral. Além disso, duas ocorrências de derramamento de santinhos e uma de desacato, fecharam a estatística de domingo.

De acordo com o comandante do 14º Batalhão, Tenente-coronel Rogério Vonk, apesar das detenções por crime eleitoral, as eleições municipais transcorreram de forma tranquila.



Na rua José Theodoro Ribeiro, Ilha da Figueira, uma mulher foi detida às 15h45 por fazer boca de urna, em um local de votação. Ela abordava as pessoas e entregava adesivos de um candidato. Assinou um Termo Circunstanciado e foi liberada no local.

Às 15h35, policiais militares avistaram um homem fazendo boca de urna próximo à Escola Lilia Ayroso Oechsler. O homem de 58 anos, utilizava um adesivo de candidato no corpo e no carro, um Fiat Uno. Foi preso e entregue no Fórum.

Na rua 13 de Maio, Czerniewicz, às 16h20, pelas câmeras de monitoramento, os policiais militares identificaram um homem entregando santinhos perto de um local de votação. Foi detido e entregue no Fórum.

Na rua João Butschardt, em Guaramirim, às 10h25, homem de 24 anos detido com santinhos. Foi preso e entregue na Delegacia de Jaraguá do Sul, com material gráfico.

Na rua Pastor Albert Schneider, Barra do Rio Cerro, 12h50, um fiscal de partido fazia boca de urna e foi preso e entregue no Fórum, confirmando que fazia a entrega de material para eleitores, a pedido de um candidato a vereador.

Na rua Ângelo Rubini, também na Barra do Rio Cerro, próximo à Escola Professor José Duarte Magalhães, um GM Corsa, cor azul, foi abordado e no interior do carro havia uma caixa com panfletos e adesivos de candidato. O motorista de 44 anos foi orientado a retirar os adesivos em desacordo, mas ele resistiu. Policiais militares pediram a presença da juíza eleitoral, que confirmou o crime eleitoral. O homem foi preso e entregue no Fórum.

Matérias Relacionadas

Geral

Servidores do Samae morrem em acidente durante manutenção em poço de rede de esgoto

Acidente ocorreu na tarde deste sábado (31)
Economia

Varejo deve crescer até 3% em novembro puxado pela Black Friday

Previsão é da FecomercioSP
Varejo deve crescer até 3% em novembro puxado pela Black Friday
Mundo

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua

Descoberta pode ajudar em futuras missões de longa duração
Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Geral

Cristo Redentor será restaurado para celebração de 90 anos

Reforma será feita em parceria com instituições de ensino e pesquisa
Cristo Redentor será restaurado para celebração de 90 anos
Ver mais de Geral