Imobiliária Coralli
Infraestrutura

Dnit SC tem menos de 30% dos recursos para investir em Rodovias Federais

15 Fev 2017 - 16h03
Dnit SC tem menos de 30% dos recursos para investir em Rodovias Federais -
Na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o Deputado Estadual, Milton Hobus (PSD), demonstrou indignação com a situação das rodovias de Santa Catarina. Em pronunciamento, na tribuna da Alesc, lembrou que o Departamento Nacional de Infraestrutura – Dnit/Santa Catarina, enviou ofício informando a redução no volume de recursos para manutenção das rodovias federais que cortam o Santa Catarina.

No documento, segundo Hobus, o próprio Dnit reconhece que algumas obras devam se tornar mais lentas ou parar, pela falta de recursos financeiros. O ofício encaminhado pelo Dnit após o pedido de informação, destaca que o montante liberado projeto de Lei Orçamentária do Governo Federal, para estradas de Santa Catarina é inferior a 30% do necessário para dar continuidade aos serviços de manutenção e melhorias em BRs catarinenses.

O documento assinado pelo superintendente do Dnit/Santa Catarina, Ronaldo Carioni Barbosa apresenta um quadro de valores necessários e o que foi disponibilizado pela União. De acordo com os dados, todas as demandas estão defasadas.

Para realizar obras complementares da duplicação da BR 101, a necessidade é de R$ 50 milhões, mas a previsão não passa de R$ 14, 4 milhões. A BR 285 necessitaria de R$ 100 milhões, mas foi garantido apenas R$ 5 milhões para implantação da rodovia. O aumento da capacidade da BR 163 exige investimento de R$ 120 milhões, mas nada foi autorizado até o momento.

Tem ainda a duplicação da BR 280 que necessita de R$ 400 milhões, mas o governo federal autorizou o Dnit investir apenas R$ 75 milhões. Já BR 282, que precisa de aumento de capacidade, receberá R$ 10 milhões, dos R$ 50 milhões solicitados como prioridade. A BR 470 que passa por duplicação também precisa de investimentos. O pedido para Santa Catarina é de R$ 450 milhões, mas a União liberou somente R$ 187,7 milhões. Além disso, apenas para manutenção e operações, o pedido foi de R$ 450 milhões, mas os recursos disponíveis não ultrapassam os R4 187 milhões.

Diante disso, o superintendente pede apoio do parlamentar na busca de mais recursos para Santa Catarina. Conforme o Deputado Estadual, Milton Hobus, hoje, as rodovias federais estão em situação caótica e é um obstáculo para o desenvolvimento econômico do Estado. “Isso não é de hoje, é de décadas que Santa Catarina que não foi tratada com a atenção devida por diversos governos e os corredores de escoamento estão comprometidos,” destacou.

Hobus lembra ainda o volume de veículos pesados trafegando e a falta de ações efetivas. “Na BR 470, é comum vermos um caminhão com profissionais tapando buracos, jogando material com uma pá, isso é jogar dinheiro fora.” Ressaltou.

No ano passado, uma Audiência Pública foi realizada na Assembleia Legislativa para discutir a situação das rodovias federais que cortam o Estado. O pedido na época foi feito pelo Deputado Estadual, Milton Hobus e mesmo confirmando participação no evento, o Dnit não compareceu. Apenas respondeu este ano ao requerimento do parlamentar catarinense.

 

Matérias Relacionadas

Geral

Lodo no rio Bracinho prejudica abastecimento de água em Schroeder

O fato ocorreu devido a manutenção em uma comporta da barragem do Primeiro Salto da Usina Bracinho. Segundo a Celesc, ao perceber a vasão do material, os trabalhos foram suspensos
Lodo no rio Bracinho prejudica abastecimento de água em Schroeder
Saúde

Campanha da Multivacinação segue até o dia 30 de outubro

Em Corupá, 65% das crianças se vacinaram contra a Poliomielite
Campanha da Multivacinação segue até o dia 30 de outubro
Saúde

Governador de SC participa de webconferência com ministro da Saúde sobre vacinas contra Covid-19

O ministro afirmou que o Brasil terá vacinas seguras, todas registradas pela Anvisa
Governador de SC participa de webconferência com ministro da Saúde sobre vacinas contra Covid-19
Santa Catarina

Santa Catarina aumenta o número de certificações no Programa Bandeira Azul

O hasteamento da Bandeira Azul assegura aos visitantes mais informações sobre os locais, qualidade da água e ações de educação ambiental
Santa Catarina aumenta o número de certificações no Programa Bandeira Azul
Ver mais de Geral