Unimed - Capa
Fiesc

Dia da Escola deve mobilizar 800 mil pessoas em Santa Catarina no sábado (08)

05 Abr 2017 - 18h44
Dia da Escola deve mobilizar 800 mil pessoas em Santa Catarina no sábado (08) -
A ação envolve familiares e estudantes da rede pública estadual e das federações ligadas à indústria, agricultura, comércio e transportes. “O objetivo é realmente aproximar os pais dos alunos e dos professores, mobilizando a comunidade para a importância da presença da família na escola”, explica o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

Iniciativa do Movimento Santa Catarina pela Educação, a ação está prevista no calendário oficial, depois que se tornou lei, no final de 2015, e será realizada todos os anos no mês de abril. Cada escola está organizando uma programação que envolve atividades culturais, recreativas e exposição de projetos, além do contato entre pais, alunos, professores e direção.

A proposta da criação do Dia da Família na Escola surgiu da Campanha Pais pela Educação, lançada pelo Movimento SC pela Educação em 2014. Um dos estímulos é uma pesquisa do Instituto Ayrton Senna, em parceria com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo a qual os estudantes que recebem apoio e atenção dos pais na sua vida escolar estão, em média, quatro meses à frente no aprendizado em comparação com os que não recebem essa atenção.

“A pesquisa colocou em números aquilo que a experiência e o conhecimento da vida já nos ensinavam”, acrescenta Côrte ao destacar que “sábado será um grande dia, esperamos que todos os catarinenses - os pais e seus filhos - compareçam às escolas onde os filhos estudam”. Para o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, “a participação da família acompanhando a vida escolar os filhos dentro e fora da sala de aula é fundamental para que possamos cada vez mais melhorar a qualidade da educação catarinense. O dia da Família na Escola vem concretizar o desejo de um maior acompanhamento dos pais em toda a trajetória escolar das crianças e adolescentes”.

O presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Santa Catarina (Fetrancesc), Ari Rabaiolli, entende que "não dá para pensar em um futuro sem trabalhar, desde cedo, a formação pessoal e a vida escolar”. O empresário lembra que “é na formação de base que se começa esta construção, esta ampliação de horizontes. A escola e a família se complementam e fundamentam para que lá na frente se consiga tomar importantes decisões para a vida".

“Envolver os pais no dia a dia escolar é importante para melhorar o desempenho dos alunos e para que todos entendam que a formação de cidadãos conscientes é dever tanto da escola como da família. É fundamental também no meio rural, ampliando a qualificação dos produtores a fim de reforçar a importância da permanência no campo”, disse o presidente da Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc), José Zeferino Pedroso.

Matérias Relacionadas

Geral

Confira o regramento para limpeza nos cemitérios municipais de Jaraguá

Na próxima segunda-feira, dia 2 de novembro, é celebrado o Dia de Finados, data reservada para momentos de oração aos entes que já faleceram.
Confira o regramento para limpeza nos cemitérios municipais de Jaraguá
Educação

Escolas municipais de Jaraguá recebem alunos com dificuldades no ensino remoto

Os demais estudantes continuam com o ensino a distância
Escolas municipais de Jaraguá recebem alunos com dificuldades no ensino remoto
Santa Catarina

Coronavírus em SC: Santa Catarina empresta monitores para o estado do Amazonas

O empréstimo foi definido após contato entre o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e o Ministério da Saúde (MS)
Coronavírus em SC: Santa Catarina empresta monitores para o estado do Amazonas
Saúde

“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes

Ministro falou na audiência virtual da Comissão Mista do Congresso
“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes
Ver mais de Geral