Imobiliária Coralli
Areia

Dezembro teve o maior índice de praias próprias para banho em três anos

28 Dez 2016 - 15h22
A comparação dos relatórios de balneabilidade de dezembro dos anos de 2014, 2015 e 2016, emitidos pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), mostra que aumentou o número de praias próprias para banho em Santa Catarina. A média do início da temporada de verão 2016/2017 se manteve em 78,15% de pontos analisados próprios para banho.  No mesmo período de 2015, a média foi de 71,55% e, em 2014, o índice ficou em 73,36%.

Para o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates, uma série de fatores contribuí para a melhoria da qualidade das praias analisadas. “Tivemos um mês com poucas chuvas. No ano, foram emitidas muitas licenças emitidas para obras de saneamento e drenagem pluvial em áreas urbanas. A união da Fatma, dos órgãos municipais de meio ambiente e de concessionárias de água e esgoto foram imprescindíveis para fiscalizar e também conscientizar os cidadãos que manter a praia própria para banho não é apenas um dever do estado, mas de todos os cidadãos”, explica.

As praias de Florianópolis também tiveram melhora em dezembro deste ano em relação ao mesmo período dos últimos dois anos. Neste mês, 72,65% dos pontos avaliados na Capital estão próprios para banho. Em dezembro de 2015, o número foi de 68,65% e, em 2014, o índice foi de 69,67%.

Matérias Relacionadas

Educação

Confirmado o retorno das aulas presenciais em Jaraguá a partir do dia 28

O retorno às unidades de ensino não será de forma total, atendendo aos protocolos do Plano de Contingência. Cada rede irá entrar em contato com os pais, detalhando como irá ocorrer a retomada
Confirmado o retorno das aulas presenciais em Jaraguá a partir do dia 28
Guaramirim

Guaramirim confirma mais duas mortes por Covid-19

Com os novos registros, chega a 20 o número de óbitos pela doença na cidade, desde o início da pandemia
Guaramirim confirma mais duas mortes por Covid-19
Jaraguá do Sul

Nova classificação de risco reduz medidas sanitárias

Os cuidados devem ser mantidos para evitar que a região volte para a situação grave
Nova classificação de risco reduz medidas sanitárias
Saúde

Coronavírus em SC: Saúde divulga atualização do Mapa da Matriz de Risco Potencial

Nenhuma região se encontra no nível Gravíssimo
Coronavírus em SC: Saúde divulga atualização do Mapa da Matriz de Risco Potencial
Ver mais de Geral